“Planeta Bur”/Voyage to the Pre-Historic Planet (Voyage to the Pre-Historic Planet) Pavel Klushantsev/Curtis Harrington (1962/1965) Russia/Eua

Esta vai ser uma review complicada de apresentar. Quem já conhece o filme sabe porquê mas quem não o viu ainda pode á partida ficar um bocado desorientado, por isso vou tentar simplificar ao máximo até porque haveria muito mais para dizer.
Na realidade a minha intenção é falar apenas de um excelente filme de ficção-científica soviético relativamente obscuro, chamado
[“Planeta Bur“] produzido em 1962, mas como estas coisas dos filmes desconhecidos tem que se lhe diga, isto nunca poderia ser tão fácil assim.

Como esta obra é practicamente impossível de ser encontrada na sua versão intacta em torrents e não a tenho ainda em dvd, vou ter de falar dela comentando também as cenas adicionais que os americanos filmaram em 1965 para juntar ás sequências originais criadas na Rússia em 1962, de modo a transformarem [“Planeta Bur“] no americanizado [“Voyage to the Pre-Historic Planet“].

De qualquer maneira [“Voyage to the Pre-Historic Planet“] apesar de ter retalhado o filme original tem uma coisa boa que permite continuarmos a apreciar o filme russo practicamente na sua totalidade. Apenas lhe falta a introdução inicial de [“Planeta Bur“] que por acaso foi usada noutro filme “americano” chamado “Voyage to the Planet of Pre-Historic Women“], “filmado” um par de anos mais tarde. Mas por agora, esqueçam que esse outro filme existe ou então estavamos desgraçados pois esta review ficaria completamente confusa.
E já lhes falei de [“Planet of Blood“] ?
Não ?…Então esqueçam que eu perguntei.
Passemos á frente e sejam bem-vindos a [“Voyage to the Pre-Historic Planet“], originalmente conhecido como o excelente [“Planeta Bur“], um dos melhores filmes de ficção-cientifica clássica que poderão encontrar.

Isto se calhar vai ser uma surpresa para alguns, mas muitos dos filmes que vocês pensam ser de ficção-cientifica clássica americana associados normalmente aos anos 50 e 60, como por exemplo, “The First Spaceship on Venus”, são na realidade obras soviéticas dos anos 50  remontados e dobrados em americano.
Estes nunca tiveram uma única das suas sequências originais filmadas em Hollywood, todos os bons efeitos especiais foram feitas na europa e os poucos actores verdadeiramente americanos que parecem fazer parte de algumas cenas, ou são os actores soviéticos originais dobrados em inglés, ou então fazem parte de sequências adicionais filmadas muito mais tarde quando os distribuidores americanos, cortaram e remontaram muitos destes filmes europeus de modo a agradar já naquela altura, ao particular gosto do público americano que sempre preferiu as cenas de porrada a uma história inteligente.

Felizmente que [“Voyage to the Pre-Historic Planet“], é um daqueles casos raros em que o filme original que lhe serviu de base practicamente não foi alterado (exceptuando o corte da introdução) e apenas foram incluidas cenas adicionais com outros actores de modo a americanizar a obra sem no entanto destruir o seu conteúdo original que se manteve intacto. O filme original tinha pouco mais de 70 minutos e com a remontagem americana ronda actualmente os 90 minutos sem grandes danos, por isso do mal o menos.

E vocês vão perceber logo quais são os actores americanos, pois mesmo que nem prestem muita atenção notarão a diferença do casting russo original.
Portanto se ignorarmos as inóquas cenas americanas adicionais, estaremos a apreciar [“Planeta Bur“] o que é uma mais valia, pois este antigo filme de ficção-cientifica soviético é absolutamente extraordinário.

Enquanto nos Estados Unidos, ainda se lutava no grande ecran contra discos voadores, monstros de borracha com zippers e onde inevitávelmente havia sempre uma rapariga que gritava muito, nos países do leste europeu já havia obras como [“Planeta Bur“], que não seguiam qualquer estereotipo dos filmes americanos. Acima de tudo tentavam ser boa ficção-cientifica e o ênfase do argumento estava mesmo no fascínio e no perigo da exploração espacial e não nas cenas que haviam sempre nos filmes do ocidente.

Aqui não encontramos foguetões comandados por militares que debitam diálogos como se estivessem em filmes de Marinha, não entram maus nem bons e não há raparigas giras que gritam muito quando são rapatadas por monstros. Quando muito aparece uma tipa americana com um penteado ligeiramente assustador inserida a martelo por Roger Corman que foi como não podia deixar de ser o distribuidor e produtor da nova montagem.

[“Planeta Bur“], ou melhor… [“Voyage to the Pre-Historic Planet“], narra a história de duas expedições ao planeta Venus. Uma delas sofre um acidente á chegada e despenha-se na superfície, o que automáticamente obriga que na segunda nave os cosmonautas além de terem de continuar a explorar o planeta precisem de encontrar os companheiros que sobreviveram ao desastre.
E aqui é que começa a grande piada deste filme.

Esqueçam as sequências adicionais americanas (que neste caso nem ficam mal de todo apesar de não servirem para nada), e terão aqui um dos clássicos mais esquecidos da FC que poderão ter a sorte de ver se gostarem mesmo do género e não tiverem preconceitos contra cinema antigo.
Até porque neste caso, aqui temos outro bom exemplo de como o cinema Soviético estava muito á frente do seu tempo não só em ambientes sérios dentro da FC mas principalmente em design de produção e efeitos especiais.

O ambiente do filme é absolutamente fantástico e completamente alienígena, com uns cenários fantásticos, totalmente credíveis e que se assemelham bastante ao planeta que décadas mais tarde veriamos nos filmes Alien e Aliens, sendo assim uma espécie de versão diurna do ambiente que depois apareceu nos filmes de Riddley Scott e James Cameron.

E não menciono Alien por acaso, pois em [“Planeta Bur“], até o design dos fatos espacias é surpreendentemente moderno com umas linhas e um estilo gráfico muito semelhante aos fatos espaciais usados anos depois pelos tripulantes do cargueiro espacial Nostromo.

E não se esqueçam que [“Planeta Bur“], foi filmado em 1962 quando nos estados unidos os actores ainda andavam com garrafões na cabeça a fingir de capacetes espaciais.
Neste caso [“Planeta Bur“], contém não só excelentes cenas espaciais (dentro das possibilidades téncnicas da época), mas principalmente muita imaginação no design de produção que nos transporta completamente para um mundo extra-terrestre onde mesmo com as plantas carnívoras de borracha e os dinossauros de stop-motion existe sempre uma tensão e um suspanse que raramente encontramos em filmes desta época.

E como aqui não há herois á americana também nunca temos bem a certeza de quem poderá morrer, o que só contribui para o ambiente sério do filme, que, apesar de hoje em dia nos parecer um bocado ingénuo certamente na altura foi uma completa inovação e deve ter surpreendido muita gente quando viu este filme no cinema pensando que seria uma obra americana.

O filme nem tem própriamente grande história, pois é apenas uma colagem de cenas de exploração planetária com uma sucessão de sequências de efeitos especiais que percorrem todo o coração do filme e o transformam em algo único mesmo dentro do cinema de FC da época.

Ninguém vê isto para ver grandes divagações dramáticas e o que interessa aqui é mesmo manter o espectador interessado com a sucessão de cliffhangers de aventura e neste aspecto [“Planeta Bur“], cumpre perfeitamente e ainda tem tempo para um pequeno pormenor no argumento que na altura deve ter parecido algo bastante original.

Mas não há duvida que a grande força deste filme está no seu ambiente e deve ter parecido uma produção impressionante para as plateias que não estavam habituadas a ver filmes de grande orçamento no género, mal sabendo que o filme tinha sido feito precisamente do outro lado da cortina de ferro. Curiosamente também o filme contém uma suave mensagem anti-nuclear o que mostra que não era só do lado americano que a ficção-cientifica reflectia os medos da altura.

Como tal, estou aqui a tentar lembrar-me de algo mesmo mau para dizer sobre o filme, mas não consigo. Nem o facto de lhe faltar a introdução e ter sido retalhado pelo Roger Corman com as sequências americanas perfeitamente inúteis estraga aquile que junto com [“Ikarie XB1“] foi definitivamente um filme á frente do seu tempo dentro da ficção-cientifica o que o torna num filme obrigatório para os amantes do género.

E a boa notícia é que este filme na sua versão americanizada é muito fácil de ser obtido grátis na internet actualmente, pois inclusive já faz parte do estatuto de dominio público e nem precisam de andar em torrents ilegais para o sacarem. Mais detalhes abaixo.
—————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

[“Planeta Bur“], é um filme excelente e neste caso só não ganha um Golden Award extra, porque  [“Voyage to the Pre-Historic planet“], se intrometeu no caminho.
Apesar de inóquas as cenas extra americanas retalham o filme e não nos deixam aprecia-lo como foi devidamente criado. Mas é um filme obrigatório.
Ainda mais quando esta obra do inicio dos anos 60 se encontrava tão á frente do seu tempo e é um verdadeiro achado para quem nunca ouviu sequer falar de ficção-científica feita na União Soviética ou pensa que na Rússia só se fez cinema de autor como o “Solaris“.
Cinco saturnos porque é um filme único em todos os sentidos e outra obra-prima perdida no espaço que merece ser descoberta.

    

A favor: o design muito á frente do seu tempo, a  maneira como usa os cenários naturais, os efeitos especiais apesar de datados têm muita personalidade e na altura foram certamente algo nunca visto antes, tem um robot parecido ao Robby-the-robot mas com um design já mais moderno, boas cenas de acção que embora curtas e limitadas têm muito estilo, tem um ambiente de aventura clássica perfeito.

Contra: Não precisava de sequências adicionais filmadas na américa para ser um filme excelente.
É muito difícil de se encontrar na sua versão original de pouco mais de 70 minutos e neste caso o facto de ter quase 90 provocados artificialmente nem sequer é própriamente boa coisa.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

Download Torrent – Public Domain
http://www.publicdomaintorrents.com/nshowmovie.html?movieid=43

Intro
Intro original pertencente a [“Planeta Bur“], que nao foi usada na montagem de [“Voyage to the Pre-Historic Planet“],  mas foi introduzida no “Voyage to the Planet of Pre-Historic Women” para desgraça de todos nós.
http://www.youtube.com/watch?v=zLAn2LnovBg&feature=related

Comprar [“Planeta Bur”] original.
Para quem quiser comprar o filme original sem americanices á mistura pode encontrá-lo á venda neste link:
http://xploitedcinema.com/catalog/planeta-ntsc-region-p-5746.html

Filme na sua versão [“Voyage to the Pre-Historic Planet“], á borla no Youtube.
1 http://www.youtube.com/watch?v=ZlxijwqUPe8
2 http://www.youtube.com/watch?v=_B1WxdLyf2c&feature=related
3 http://www.youtube.com/watch?v=n7ju2OFRIaU&feature=related
4 http://www.youtube.com/watch?v=ZZZayPO15pk&feature=related
5 http://www.youtube.com/watch?v=KUIGkixZlc0&feature=related
6 http://www.youtube.com/watch?v=iX7Hop9b46w&feature=related
7 http://www.youtube.com/watch?v=KsK6algppPo&feature=related
8 http://www.youtube.com/watch?v=Ktwj7vOpfEw&feature=related

Para quem quiser fazer o download dos videos Youtube sem instalar um software, pode usar este website aqui que saca os filmes e os grava no formato .flv
http://www.downloadyoutubevideos.com/
Podem seguidamente converter os ficheiros .flv em .avi para depois poderem gravar o vosso próprio dvd, usando o excelente “Free FLV Converter” que encontrarão aqui:
http://www.koyotesoft.com/indexEn.html

————————————————————————————————————

IMDB
Planeta Bur
http://www.imdb.com/title/tt0056352/
Voyage to the pre-historic planet
http://www.imdb.com/title/tt0059887/

————————————————————————————————————

Se gostou deste vai gostar de:

capinha-roadto-stars capinha_alien-trespass capinha-skycaptain

——————————————————————————————————

 

3 thoughts on ““Planeta Bur”/Voyage to the Pre-Historic Planet (Voyage to the Pre-Historic Planet) Pavel Klushantsev/Curtis Harrington (1962/1965) Russia/Eua

  1. Hello there! I know this is kind of off topic but I was wondering which blog platform are you using
    for this site? I’m getting tired of WordPress because I’ve had problems with hackers and I’m
    looking at options for another platform.
    I would be fantastic if you could point me in the direction of
    a good platform.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s