“VIKINGDOM” (“VIKINGDOM : THE BLOOD ECLIPSE”) Yusry Abd Halim (2013) Malásia

Vocês devem ficar completamente baralhados  ao espreitar as fotos deste título mas eu juro que [“VIKINGDOM”]  é um filme asiático !!

POSTER

Não, a sério !!…
Melhor ainda, não só é um filme asiático como é uma história de vikings passada no norte da europa com actores ocidentais mas totalmente filmada na Malásia !!!
Ainda está alguém aí ?…
Ao procurar cinema de fantasia, a última coisa que me passava pela cabeça era vir a encontrar um produto assim com estas características. Muito menos vindo da Malásia da qual eu desconheço em absoluto a filmografia.

Vikingdon_08 Vikingdon_04
MALÁSIA, TERRA DOS VIKINGS…

Vikings made in Malasia…conseguem imaginar ?… Eu consigo.
Nunca me passou pela cabeça ao ver [“VIKINGDOM”] que este fosse mais do que cinema independente europeu, filmado algures pela Noruega ou na pior das hipóteses num qualquer estúdio da europa de leste ou algo assim.
Mas e então, [“VIKINGDOM”] é bom ?

VIKINGDOM_37 VIKINGDOM_33

Não.
Não é bom.
É brilhante !
[“VIKINGDOM”] é para mim o “Lord of the Rings” dos séries B sem dinheiro apesar de há primeira vista se parecer mais com o “300” de Zack Snyder do qual eu não sou particularmente fã…
Este agora foi feito com apenas 15 milhões de dólares e portanto quem espera encontrar aqui uma super-produção ao melhor nível técnico de Hollwyood é melhor esquecer.
O que me leva desde já a perguntar, o que raio estariam á espera aqueles utilizadores que no imd dão 1 estrela a [“VIKINGDOM”]…

Vikingdon_30 VIKINGDOM_44

PERSPECTIVAS

Não consigo entender de todo aquele público que olha para filmes de baixo orçamento como se estes tivessem o dever de se equiparar a uma produção com dinheiro e meios técnicos dez vezes superiores.
Até há no IMDb quem acuse o filme de ser racista por um lado e insultuoso para a fé cristã  por outro !! (What ?!!)
A polémica estalou a tal ponto que na altura da estreia até o realizador colocou no youtube uma resposta aos ataques ponto por ponto e acho muito bem que o tenha feito pois eu faria o mesmo.

VIKINGDOM_39 VIKINGDOM_06

Como podem ver por muitas opiniões no IMDb aparentemente muito pouca gente gosta, ou percebe qual a piada no cinema de baixo orçamento.
O que não faltam por aí são produtos bem inferiores feitos com o triplo do dinheiro e no entanto as audiências de cinema de shopping-center parecem adorá-los apenas porque o marketing norte americano os apresenta como fenomenais.
Algo com que um produto de fantasia feito na ásia não pôde contar certamente.

Vikingdon_15 VIKINGDOM_38

Ok, esqueçam os actores.
Ninguém ganha um Óscar aqui e [“VIKINGDOM”] conta inclusivamente com o protagonista mais inexpressivo desde Stallone no Rambo, o que já agora anula, por completo a parte romântica da história pois o heroi tem a emotividade de um tronco.
Isto somado a actores com sotaques deslocados num filme Viking (excessivamente british em alguns casos), até ao personagem chinês(?) com o ar mais ocidental do planeta (juro que pensei que o gajo era Português ou Brasileiro); se é por aí que vocês avaliam um bom filme então juntem-se ás dezenas de pessoas que acham que [“VIKINGDOM”] é o pior filme do mundo devido á suas inúmeras inconsistências.
As mesmas que sem as quais o cinema de série-B perderia toda a piada mas muita gente não consegue mesmo perceber isso, insistindo em compará-lo depreciativamente com o plástico sem alma mas muito melhor publicitado que todos os fins de semana invade as nossas salas de cinema.

Vikingdon_13 VIKINGDOM_03

Notem que eu disse “inconsistências”, não disse – falhas.
Quando vocês virem este filme, se calhar irão surpreender-se com a escala épica que consegue alcançar e porventura chegarão também á conclusão que nisto tudo o que menos interessa são os actores (e ainda menos a qualidade dos efeitos).
Na verdade os personagens também não ajudam; temos muitas personalidades (quase tantas quantos são os anões no “The Hobbit”), mas depois o desenvolvimento de cada um é zero.
Alguns personagens, não chegam a permanecer 10 minutos no écran desde que aparecem na história até que são simplesmente mortos como se fossem um vulgar figurante sem importância. Inclusivamente um chamado “Henrique” que me deixou a pensar se pretenderia ser de origem Portuguesa pela geografia que é brevemente mencionada na história.

Vikingdon_26 VIKINGDOM_28

LOW BUDGET MASTERPIECE

Quanto a mim [“VIKINGDOM”] não tem falhas.
É filme “mau”;  de baixo orçamento e portanto segue tudo aquilo que um bom filme mau deve seguir nestes casos. Senão vejamos:
Mete actores duvidosos – check !
Mete miúdas boas com espadas e flechas – check ! (Bom personagem por acaso)…
Mete vilões muito maus – check !
Porrada de criar bicho – check !
Litros de sangue e muita espadeirada – check !
Figurantes que não sabem representar – check !
Mete óbvios “efeitos nada especiais” – check !
Acima de tudo tem que ser muito, muito divertidocheck !!
E por aí adiante se é que me compreendem.

Vikingdon_01 VIKINGDOM_07

Na verdade se vocês entrarem no espírito, assumirem que estão a ver não só uma produção asiática como ainda por cima um produto baratinho, garanto-vos que irão conseguir surpreender-se bastante e se calhar darem o devido valor ao resultado final.
A atmosfera de fantasia em [“VIKINGDOM”] é do melhor que vi nos últimos anos, por vezes consegue fazer-nos esquecer que estamos a ver um produto simples; especialmente quando o filme se abre em vastas paisagens épicas –larger than life– que não destoariam de aparecer no The Lord of the Rings por exemplo.
Depois é extremamente variado. Há quem comente que o argumento tenta meter coisas a mais; se calhar é verdade, mas também é verdade que isso dá ao filme uma enorme diversidade onde há sempre algo a acontecer de diferente no écran a todo o instante.

Vikingdon_37 VIKINGDOM_01

SANGUE, PORRADA, ELFOS E DRAGÕES, OH MY !

Como “road movie” de Fantasia é perfeito e segue sem problemas a velha fórmula Tolkien/Dungeons-and-Dragons com alguma originalidade que inclusivamente afastou o público mais estereotipado.
Um bom vilão cheio de personalidade, o bando de heróis, a miúda da espada, o “Gandalf” de serviço, o personagem exótico (normalmente um anão, neste caso um chinês), um objecto mágico, uma boa e variada “quest” com vários locais por onde os heróis têm de viajar e a inevitável batalha épica no final. Ah, e tem elfos , ou melhor, o seu equivalente nórdico o que devolve o conceito um pouco á sua origem também.
Check, check, check !
Good job !

Vikingdon_39 VIKINGDOM_04

Uma das grandes mais valias de [“VIKINGDOM”] é que se nota que nunca tenta ser mais do que o seu orçamento permite embora pareça recusar-se a ser a penas mais um.
Até as cenas de acção são particularmente cuidadas e curiosamente apesar de usarem e abusarem do – slow motion – (estilo “Pact dês Loups – O pacto dos Lobos”),  nunca se tornam forçadas aos olhos do espectador.
Na verdade 90% da adrenalina deste filme está nas suas cenas de acção muito bem pensadas, nem sempre bem executadas mas que resultam plenamente e tornam [“VIKINGDOM”] absolutamente divertido e carregado de adrenalina.

Vikingdon_20 VIKINGDOM_41

E quem gosta de baldes de sangue vai adorar este filme. Sangue é o que não falta por aqui mas curiosamente o seu estilo cartoon/comics retira-lhe imediatamente o habitual efeito choque e até acho que seria essa a intenção aqui, pois afinal isto não é um filme de terror mas um filme de aventuras.
O que importa é que não se coibiram de usar sangue por todo o lado e isso dá imediatamente vida e coerência áquele mundo de fantasia vilking que o filme retrata.

VIKINGDOM_23 VIKINGDOM_09

As batalhas são muito divertidas e variadas. Tanto podem parecer retiradas de um comics ou filme da Marvel como acontece no início da história, como depois entram pelo estilo Riddley Scott quando faz os seus épicos medievais, passa pelo inevitável cinema de artes-marciais ao melhor estilo Wuxia (não fosse um dos personagens supostamente Chinês), percorre o estilo Peter Jackson com algumas vistas de batalhas épicas e termina em algo que se calhar se pode descrever numa mistura entre filmes do Jean Claude Van Damme dos anos 80 e um episódio do novo Dr.Who !!!
Gostaram ? Já estão curiosos ? Vão adorar o resultado.

Vikingdon_09 VIKINGDOM_18

LOW BUDGET WORLD

Portanto, coisas más do filme…
Pá, tudo; se o virem pela perspectiva de quem procura aqui uma americanada típica. Como se queixam alguns utilizadores pela net, nem a missão dos heróis segue bem a habitual estrutura que se vê nos filmes americanos ( e parece que isso chateou muito espectador que pelo visto ainda queria as coisas mais bem explicadas)…
Por outro lado se esquecerem o estilo cartoon, a história a duzentos á hora e os actores que nem sempre resultam particularmente bem, esqueçam também o óbvio Cgi que percorre o filme e admirem-se com o que este faz bem.

Vikingdon_06 VIKINGDOM_13

E o que faz bem é muito. Grande sentido de aventura épica, boa história de fantasia, ambientes épicos e vastos num mundo de fantasia bem estruturado, montes de violência divertidissíma e um design de produção que roça o excelente pois como já disse deixou-me completamente baralhado o filme todo.
Os cenários e design de [“VIKINGDOM”] por vezes são absolutamente fantásticos e nunca se esqueçam que estamos a falar de uma produção baratinha. As aldeias vikings são excelentes e bem detalhadas, os barcos viking estão impecáveis, e alguns mate-paintings que extendem as paisagens são fabulosos e bastante bem inseridos de modo a criar a ilusão de que o filme teve mais dinheiro do que aquele com que pôde contar na realidade.

VIKINGDOM_24 Vikingdon_23

E para aqueles que insistem em dizer que os efeitos do filme não prestam, se calhar não repararam que as paisagens montanhosas e os planos “filmados de helicóptero” são feitos em efeitos especiais…afinal o filme foi todo filmado na Malásia sem qualquer neve real e debaixo de um enorme calor (para desgraça dos actores que passavam os dias vestidos com peles de vikings); portanto isto do filme não ter bons CGIs se calhar é relativo também.

Vikingdon_16 VIKINGDOM_29

Estranhamente falha redondamente em alguns cenários de interiores. Muitas salas de castelos são absolutamente hilariantes e mais parecem caixas quadradas com paredes de cartão ainda pintadas de fresco onde até as supostas pedras das muralhas são desenhadas e nota-se perfeitamente. Como o filme até tem uma boa fotografia não se entende de todo porque em certas alturas parece tão ridículo em termos de interiores de castelos.
Houve alguém que numa review pela net descreveu as salas dos castelos em [“VIKINGDOM”] como parecendo salas de restaurante temáticas com o motivo Viking e não anda muito longe da realidade não senhor. Por outro lado isto dá logo um tom ainda mais divertido a todo o filme por isso que se lixe !

Vikingdon_11 VIKINGDOM_22

NOT THE GANDALF YOU´RE LOOKING FOR…

E se acham que isso é mau, esperem até verem o (já desgraçadamente famoso) “dragão” que persegue o nosso herói a certa altura…supostamente deveria ser uma espécie de cão guardião dos infernos ao melhor estilo clássico, mas algo correu mau naquele design e é de ver para crer.
Portanto… dragão hilariante – check !
Efeito especial ainda pior – check !
“Gandalf” estilo morsa com sobrancelhas de fazer corar de vergonha um boneco dos “Muppets” check !

Vikingdon_36 VIKINGDOM_32

Depois de tudo isto o que dizer ainda mais sobre [“VIKINGDOM”]…
Deixem o cérebro á porta e divirtam-se.

FANTASIA COM IDENTIDADE

Contém alto sentido de aventura e no final por entre tanta coisa má e boa sobra um pequeno filme independente cheio de carísma que se recomenda totalmente a quem gosta do género. Especialmente se forem fãs de cinema independente e de séries-B.
Se forem como eu e não acharem muita piada àquela estética estilo “300” que desde então parece ter inundado o cinema , vão por mim, aqui em [“VIKINGDOM”] é bem melhor e resulta muito bem. Na verdade é uma das melhores coisas do filme pois isto aliado a uma boa fotografia que faz o melhor que pode com tanto Cgi torna o filme num produto que se destaca dos demasiados clones do género, especialmente pelo uso das cores azul e vermelho que resultam de forma espectacular.

VIKINGDOM_35 VIKINGDOM_19

Já agora, outro grande destaque para o vilão que é fabuloso. Pela internet anda por aí muita gente em estado de choque porque o Thor aqui não é um gajo giro loiro de olhos azuis mas sim uma besta de dois metros que parece saída de uma banda de death metal nórdica ! Ainda por cima é o mau e não o herói ao contrário do que aparece nos livros da Marvel , o que para muita gente é logo motivo para dizer que o filme “está mal feito”…porque o Thor toda a gente sabe,  é bonzinho…give me a break !!!

Vikingdon_02 VIKINGDOM_10

O actor que faz de Thor vocês já o viram pelo menos duas vezes no cinema mas não o reconheceram. Ele entra nos filmes do The Hobbit e faz precisamente daquele Orc gigante que comanda os exércitos que perseguem os anões na mais recente versão filmada por Peter Jackson.
Em [“VIKINGDOM”] é uma das grandes mais valias do filme, pois mesmo entre diálogos que deixam a desejar o seu carísma é suficiente para elevar logo todo este série B a um nível que não se costuma ver neste género de produções fora da máquina de Hollywood.

Vikingdon_10 VIKINGDOM_40

Aliás, pela parte que me toca e talvez porque não estava nada á espera disto, eu diverti-me bem mais com [“VIKINGDOM”] do que com o The Hobbit. É que nos filmes de Peter Jackson a gente já sabe que vai ver um produto de qualidade pois ele teve dinheiro para o produzir, mas aqui, a última coisa de que eu estava á espera quando fui espreitar este filme sacado de um torrent é que acabasse por ser um produto tão carismático mesmo apesar das suas inúmeras inconsistências.
Não estava nada á espera de encontrar um produto assim e ainda mais gostei quando descobri que se tratava afinal de mais um filme saído da Ásia o que só prova que surpreendentemente o cinema de Fantasia actualmente está bem vivo por aquelas bandas e recomenda-se.

VIKINGDOM_25 VIKINGDOM_30

A quem tiver espírito para séries B, naturalmente…

—————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

Vocês já sabem que eu tenho mesmo que dar a classificação máxima a isto.
[“VIKINGDOM”] não será um produto para todos, mas quem gosta do género e não tiver preconceitos técnicos ou estilísticos, vai adorar este filme tanto quanto eu adorei.
Especialmente quando o cinema oriental não é muito prolífero em filmes de fantasia deste género; (que me lembre o último filme que tentou fazer algo semelhante dentro do seu registro cultural foi o péssimo filme Tailandês “Pirates of Langsuka” que podem encontrar para compararem no meu blog de cinema oriental).

VIKINGDOM_12 VIKINGDOM_34

[“VIKINGDOM”] é mais um daqueles filmes de série B que já vi uma dezena de vezes e ainda irei rever uma dezena mais e portanto para evitar que eu tenha que aqui voltar para rever também a minha classificação leva logo a melhor de todas; (até porque o bluray em 3D é do melhor e tudo).

Cinco Planetas Saturno e um Gold Award

     

Adoro quando aparece cinema de baixo orçamento com esta qualidade e acima de tudo com esta alma genuína de divertimento escapista puro sem qualquer pretenção.
Os últimos exemplo do género que vi (fora do cinema oriental) foram os fabulosos “HUMANITY´S END” que também recomendo vivamente pois está bem dentro do mesmo espírito que agora encontrei em [“VIKINGDOM”] e claro o extraordinário “MYTHICA : A QUEST FOR HEROES” que inaugurou a série de filmes ultra-low-budgetMythica” apenas com um orçamento que não chegou aos cem mil dólares e portanto em comparação com tudo o resto será neste momento o meu favorito.
Mas [“VIKINGDOM”] não fica atrás.

VIKINGDOM_14 VIKINGDOM_11

A favor: A estética tenta aproximar-se da do Peter Jackson e em muitos momentos consegue-o plenamente sem nunca abdicar de uma identidade pessoal, o estilo “300” (que eu costumo detestar) mas que neste caso dá uma identidade fantástica a este filme com o seu jogo de vermelho/azul a todo o instante, o Thor é perfeito, a maior parte do design do filme é fabuloso, adoro o genérico do inicio e dos créditos finais, excelente sentido épico em grande parte dos momentos, boas cenas de acção e muita variedade nos combates, tem um par de personagens com carísma ( o amigo do herói e a miúda das flechas ), pilhas de adrenalina á medida que a história se aproxima do fim, é um “road-movie” de fantasia com muita variedade de ambientes a todo o instante, alguns efeitos especiais são muito bons mesmo, excepto o “dragão” mas a piada está também aí, tudo é “mau” logo tudo é bom. 😉
Duas horas de filme passam a correr num instante.
A versão 3D em bluray é do melhor.

Contra: O Martelo de plástico do Thor (hehe), o trailer não transmite de todo o quão divertido e carismático este filme é,  quem julga o cinema pela qualidade dos efeitos especiais ou pelo trabalho dos actores não irá gostar de todo, há figurantes do piorio e o herói não tem qualquer expressão durante o filme todo, que raio de cenários de interior de castelo são aqueles ?! O titulo [“Vikingdom”] é do piorio e dá ideia que o filme é uma chungaria sem personalidade nenhuma. As opiniões no IMDb.
Ainda não há uma sequela…

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS:

TRAILER

—————————————————————————————————————

Página oficial de Facebook
https://www.facebook.com/Vikingdom

POSTER2

—————————————————————————————————————

COMPRAR DVD ou BLURAY
Encontram-no aqui em DVD na Amazon UK

dvd

Encontram-no aqui em BLU-RAY 2D na Amazon UK

bluray

Encontram-no aqui em BLU-RAY 3D na Amazon UK

BLURAY.jpg

—————————————————————————————————————

OUTRAS REVIEWS
Movie review 1
Movie review 2

—————————————————————————————————————

IMDB

GIF
http://www.imdb.com/title/tt1785669

——————————————————————————————————

Filmes semelhantes de que poderá gostar:

humanities_end capinha_garm-wars capinha_i-paladini capinha_RISESHADOWARRIOR.jpg capinha_mythica-2 capinha_mythica

—————————————————————————————————