Ameaça Lunar ( Moontrap ) Robert Dyke (1989) USA

Quem viveu a época do VHS e dos clubes de video durante os anos 80 e gosta de ficção-científica , quase de certeza que se deparou com este título [“MOONTRAP”].
Este é um daqueles filmes que se inserem naquela categoria de coisas que um dia vimos, muitas imagens ficaram na memória mas há muito que esquecemos o nome.

moontrap21

[“MOONTRAP”] para mim no entanto foi sempre um daqueles filmes que ficaram bem presentes no meu imaginário e que durante anos procurei juntar à minha coleção, pois foi um dos títulos que marcaram a minha imaginação desde que o vi aos 19 anos.
Para minha surpresa teve recentemente uma edição remasterizada em Bluray na Alemanha, país que já começa a ser conhecido por se dar ao trabalho de criar os melhores restauros e edições 1080p de inúmeros séries-B já com algumas décadas e que passaram ao esquecimento ao longo dos anos. A nova edição para [“MOONTRAP”] é mais um bom exemplo de como se pode recuperar para bluray titulos que inicialmente pareceriam totalmente perdidos ou impossíveis de serem transferidos para o nível de qualidade visual actual no que toca às propostas de cinema em casa.

Moontrap27.jpg

Em Portugal nunca saiu para venda-directa em VHS, nem quando o conceito de venda de filmes ao público era ainda não só uma novidade como seria uma coisa estranhíssima para muita gente que não compreendia porque haveriamos de querer guardar um filme que já tínhamos visto e que podíamos ir buscar ao clube de video sempre que quiséssemos; sim porque nos anos 80 os clubes de video pareciam que tinham vindo para ficar.

moontrap18 Moontrap04

[“MOONTRAP”] é também um daqueles títulos que nunca saiu em dvd em lado nenhum mesmo na altura em que os dvd eram a novidade tecnológica que veio substituir o VHS e só muito recentemente foi lançado já na era do bluray  também em dvd graças aos Alemães quando estes restauraram o filme.
Por causa disto, [“MOONTRAP”] foi durante anos a fio, também um daqueles tesouros raros da internet que muita gente procurava; precisamente porque nunca houve uma boa cópia pirata a circular, tendo existindo apenas um muito, muito mau VHS-rip (pan&scan 4:3) com uma imagem do pior que ainda hoje habita alguns torrents mais antigos e podem até encontrar pelo Youtube; (não o vejam nessas condições).
Foi essa a cópia que eu tive durante os últimos anos até á semana passada quando finalmente pude comprar o filme em Bluray numa cópia restaurada absolutamente surpreendente a todos os níveis.

moontrap07 Moontrap06

[“MOONTRAP”] mesmo após 27 anos mantém-se verdadeiramente único por vários motivos.
Já quando saiu foi um titulo surpreendente porque pelo meio de tanto filme chunga (estilo Mad Max versão italiana série-z) a tentar passar por ficção-científica que inundava os clubes de video nos anos 80, esta produção independente conseguiu destacar-se pela positiva e ficou na memória de muita gente, tendo inclusivamente tido uma boa recepção por parte da crítica especializada porque mesmo sendo claramente um série-B de baixo orçamento, em muitas alturas quase que não o parecia. Especialmente visto dentro do contexto da época.

moontrap26 Moontrap29

Quando surgiu em 1989, surpreendeu pela positiva e apesar de à partida parecer mais uma daqueles clones horrorosos de “Terminator” num estranho cruzamento com “LIFEFORCE” (que tinha estreado um par de anos antes) chamou a atenção de muita gente que alugou ( e copiou ) a cassete nessa época.
Por não ser nenhuma das duas coisas, apanhou muito fã de FC desprevenido, isto porque o que [“MOONTRAP”] nos apresentou na altura foi uma aventura espacial em tom arqueológico; algo que mesmo hoje em dia não é de todo muito comum quando pensamos em FC moderna cinematográfica; até porque hoje a pseudo-FC está reduzida a clones do “Twilight” para adolescentes em versão futurista distopiana high-tech onde tudo é reciclado para a sequela ou clone da semana seguinte.

moontrap02 Moontrap12

Portanto, [“MOONTRAP”] continua a ser ainda hoje talvez um dos raros exemplos de um filme espacial que na verdade até tentou inovar, isto porque vai buscar inspiração à teoria dos antigos astronautas e faz boa utilização de muitos desses conceitos.
Desde naves esquecidas em órbita, até ruínas na lua com dezenas de milhares de anos tudo está representado nesta história que em termos de imaginação funciona muito bem. Tudo muito simples mas eficaz.
[“MOONTRAP”] é um daqueles filmes onde o sentido do maravilhoso e do mistério que há muito anda ausente daquilo que hoje passa por ficção-científica, ainda vive.
O filme estreou em 1989 (quando eu tinha 19 anos) e talvez seja uma das últimas histórias de ficção-cientifica em modo clássico que foram produzidas antes do cinema espectáculo confundir efeitos especiais com magia cinematográfica e passar a ser inundado de adolescentes rebeldes muito apaixonadas.

moontrap05  Moontrap28

[“MOONTRAP”] continua a ser um daqueles pequenos filmes que poderia ter sido a adaptação de um romance pois talvez por não poder contar com um grande orçamento, [“MOONTRAP”] carregou forte no ambiente, no mistério e na história.
Na altura destacou-se por parecer ser um filme mais caro do que era na verdade.
Muito do mérito vai para a variedade de ambientes em que a aventura decorre e para a boa quantidade de -matte paintings- que ilustram inúmeros ambientes alienígenas e dão à história aquele ambiente de aventura arqueológica no espaço que nunca mais apareceu até recentemente “Prometheus” de Riddley Scott ter voltado ao tema.
Se procuram uma aventura no espaço em tom arqueológico [“MOONTRAP”] é mesmo até superior em termos de ambiente ao filme de Scott num certo sentido no que toca àquele sentido de exploração e de procurar saber o que estará mais além; o que não deixa de ser fascinante e uma boa demonstração de que se calhar não é o orçamento que faz um filme funcionar mas sim a forma como as limitações incentivam à criatividade.

moontrap20 Moontrap32

[“MOONTRAP”] em termos de design está bastante bom  até mesmo para a época e hoje em dia em muitos segmentos não parece nada datado. Não fossem os pirosos penteados à anos 80 das raparigas neste filme e este poderia passar perfeitamente por uma produção de baixo orçamento actual.
Isto porque todo o design do filme é bastante bom e intemporal. Os ambientes alienígenas são excelentes, o guarda roupa das cenas espaciais é realmente muito bem conseguido com destaque para os fatos de astronauta que parecem ter saído de coisas contemporâneas como “Gravity”.

moontrap11 Moontrap33

Até os pequenos sets lunares são fantásticos em termos de atmosfera. Aquilo parece realmente a Lua o que contribui para que essa parte da história funcione muito bem, pois o espectador nunca questiona o local onde a acção decorre. Tudo conseguido sem um pingo de CGI pois, [“MOONTRAP”]  meus amigos é um filme de uma época onde não havia animação por computador e tudo tinha que ser feito por maquete e matte painting à unha mesmo.

moontrap08 Moontrap10

Bons cenários prácticos, bons adereços ( o carro lunar e o módulo estão perfeitos ), óptima cenografia lunar e até o set do interior do space-shuttle segundo muita gente é o melhor alguma vez construído para um série-B deste género pois parece bastante real apesar de segundo o que está no comentário audio ter sido construído numa noite a partir de fotografias da Nasa que o designer de produção conseguiu arranjar.

moontrap03 Moontrap35

[“MOONTRAP”]  tem também a vantagem de não se levar a sério. Nunca tenta ser FC pura e dura e é apenas uma boa aventura na lua com um fundo de aventura arqueológica no espaço ( e uma pitada de “Lifeforce) , coisa que não costumamos ver muitas vezes.
É também curioso porque é o único filme protagonizado por Walter Koenig ( o Chekov do Star Trek original ), apesar de alguns posters americanos actualmente destacarem Bruce Campbell ( de Evil Dead ).
O herói é o Walter Koenig e dá bastante bem conta do recado. Aliás ambos os personagens se complementam perfeitamente e o filme conta com alguns diálogos bem divertidos entre os dois que dá imenso carísma as suas cenas.
[“MOONTRAP”] é também um filme de FC de uma época onde o cinema não tinha obrigatoriamente que meter heróis adolescentes, o que o torna ainda mais alienígena actualmente pois todos os personagens são adultos.

moontrap23 Moontrap34

A história gira à volta da descoberta em órbita da Terra de uma nave espacial com mais de 14.000 anos que parece ter partido da Lua um dia num passado remoto e toda a aventura gira à volta daquilo que poderá ter acontecido milhares de anos atrás; até porque toda a sua tripulação de antigos astronautas parece ter sido eliminada por uma qualquer criatura misteriosa.
Isto faz com que ao início [“MOONTRAP”] pareça vir a tornar-se em mais um clone de “Alien” ( sub-género bem popular na altura no cinema rasca ), mas num instante muda de registo e  afinal temos pela frente o que parece um clone de “Terminator” ( outro sub-género do cinema chunga da época do VHS ).

moontrap25 Moontrap37

Na verdade [“MOONTRAP”] é uma espécie de montra daquilo que foi o cinema de baixo orçamento dentro da FC nos anos 80. Apenas se eleva acima dos restantes títulos rascas da época porque faz tudo bem e acaba por conseguir criar a ilusão de que o filme parece mais caro do que foi.
Começa a parecer-se com Lifeforce, passa por “Alien”, mistura-se com “Terminator” e durante os primeiros 30 minutos a coisa quase que descamba num filme verdadeiramente mau no pior dos sentidos, onde não falta aquilo que será a luta mais ridícula de sempre contra um robot (estilo – Terminator- misturado com -Alien-) onde o adereço do alienígena mecânico praticamente não faz mais nada do que conseguir mexer os bracinhos e quase destrói um corredor da NASA sem dar um passo porque não pode andar.

moontrap09 Moontrap36

Não houve verba para criarem um robot mais complexo para o filme e por isso foi o que se pôde arranjar.
Terminado esse interlúdio algo chunga mas bem divertido e depois de passarmos pela inevitável cena à anos 80 num bar de strip ( cheio de neons e banda-sonora pirosa a condizer ) onde não falta a gaja boa anónima com as mamas à mostra ( e um penteado à Madonna de fugir ), [“MOONTRAP”] entra novamente em modo clássico e a aventura descola literalmente para a Lua.

moontrap06 Moontrap31

A partir daí a acção sucede-se, as descobertas também, pelo meio encontram mais um par de robots algo farsolas e tudo culmina numa boa cena de suspense em modo clássico até que a história chega ao final. Tudo isto sempre ambientado numa boa quantidade de cenários muito variados o que tornam esta pequena produção quase numa espécie de road-movie espacial onde está sempre a aparecer qualquer coisa nova no écran e os heróis percorrem inúmeros cenários.
[“MOONTRAP”] continua sendo um filme único pois é uma daquelas histórias de FC em que a exploração e o mistério são a alma de tudo o que apresenta.
E tendo em conta o baixo orçamento que isto teve é um verdadeiro milagre terem passado estes anos todos e continuar a ser um filme com uma atmosfera particularmente moderna, mesmo sem CGIs. É quase um micro-Rendez-Vouz-Com-Rama e se gostam da vossa FC com muita exploração, arqueologia misteriosa e um ambiente high-tech Nasa não deverão querer perder este filme, especialmente agora que já conta com uma óptima edição Bluray.

moontrap15 Moontrap38

Se vocês se lembram de [“MOONTRAP”] porque um dia o viram num clube de video algures pelo final dos anos 80 e gostaram dele, o filme continua tão bom e fresco como lhes pareceu na altura.
É um daqueles raros títulos totalmente indicados para quem procura aquele ambiente das novelas RAMA de Arthur Clarke, pois as pequenas partes de exploração têm muito daquele sentido de maravilhoso que encontramos nos romances Rama. Claro que esta comparação tem que ser vista dentro do contexto de um série-B, mas o espírito da coisa está lá embora a história não seja propriamente inspirada nesses livros.

—————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

Revi [“MOONTRAP”] há um par de dias em Bluray, depois de ter passado anos com a minha má cópia VHS e VHS-rip e foi como ter descoberto um filme novo.
Acho que nunca ninguém viu [“MOONTRAP”] com a qualidade que o Bluray da edição alemã apresenta.

moontrap24 Moontrap39.jpg

O filme não envelheceu de todo, a nova cópia restaurada é (subjectivamente) fantástica e portanto se vocês se lembram dele, recomenda-se vivamente ainda hoje em dia.
Se nunca o viram, percebem e gostam das limitações do cinema de baixo orçamento então este é um título muito recomendável especialmente para quem procura aquela aventura arqueológica espacial épica que nunca mais chega.
O filme tem algumas falhas a nível de montagem e realização pois certas cenas de diálogo são desnecessárias e por vezes arrastam a narrativa mais do que deveriam, mas nem isso é suficiente para tornar [“MOONTRAP”] num mau título.

Cinco planetas Saturno sem qualquer sombra de dúvida.

   

Não ganha um Gold Award extra, apenas porque o tom da parte inicial nos corredores e caves da Nasa está algo deslocada do resto do filme. Tivesse isto sido apenas passado no espaço e [“MOONTRAP”] teria sido uma obra prima do baixo orçamento.
Assim como está é apenas excelente. Com falhas e limitações mas excelente.
E chega, porque continua a ser um filme muito divertido.

A favor: O ambiente da história arqueológica, a variedade de situações em que toda a acção se passa, os excelentes matte-paintings que abrem o filme a uma escala que vai para além das limitações de orçamento, os cenários práticos muito bons como por exemplo os da superfície da lua ou do interior das ruínas lunares, o sentido de humor de toda a história, a química entre os dois protagonistas, boa fotografia, alguns efeitos são bastante bons para o orçamento limitado que tiveram, tem um certo sabor a “Lifeforce” barato que só lhe fica bem, bastante original tanto no tom como no tipo de história pois o tema dos antigos astronautas está bastante bem aproveitado.

Contra: Os penteados à 80s das raparigas são a única coisa que torna o filme datado em alguns momentos, alguns efeitos são muito maus ( a ameaça do robot-gigante que não se mexe é ridícula ), alguns diálogos a mais que encalham a narrativa em alguns momentos, a primeira parte do filme ( na Terra/Nasa) parece pertencer a outro filme qualquer.

ATENÇÃO : Não confundir “MOONTRAP” com “MOONTRAP – TARGET EARTH” recentemente editado.
Este segundo título pretende (?) sabe-se lá como, ser a sequela para o Moontrap original e é não só uma decepção absolutamente inacreditável mas principalmente a prova de que efeitos especiais modernos não substituem de todo a criatividade, atmosfera ou imaginação. A sequela do ano passado, “Moontrap – Target Earth” é um dos piores séries-B que vi recentemente o que o torna num verdadeiro insulto para com o “MOONTRAP” original; não tem um pingo de imaginação e ainda por cima é secante como o raio. Ignorem a sequela moderna, não percam “MOONTRAP” original.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER
*SPOILERS*SPOILERS*SPOILERS*
ATENÇÃO: Se ainda não viram o filme não vejam o trailer, pois contêm o filme inteiro e vai estragar-lhes por completo o ambiente de descoberta e exploração da história.

Vejam primeiro o filme.

—————————————————————————————————————

Comprar BLURAY ( a edição que eu tenho)

Existem actualmente algumas edições disto em DVD e Bluray.
Pelo que sei, o Bluray americano não é muito bom em termos de imagem, mas recomendo vivamente o Bluray de edição alemã pois se gostam do filme vão adorar vê-lo com o restauro que os alemães fizeram ( apagando à unha todos os risquinhos e melhorando a imagem de uma forma que eu nem pensei que alguém alguma vez se desse ao trabalho de o fazer por um filme tão obscuro quanto este ).
O único problema da edição alemã , como de costume é não trazer legendas nenhumas a não ser em alemão. Felizmente que contém o audio original em inglês.

moontrap01

https://www.amazon.co.uk/Moontrap-Classic-Cult-Edition/dp/B00TII9M7M/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1476485220&sr=8-1&keywords=moontrap+blu+ray

A edição alemã em Blu-Ray vem carregada de extras; um bom comentário audio do realizador e produtor cheio de informação interessante, algumas cenas de bastidores, montes de ilustrações conceptuais para o filme e surpreendentemente também uma BD excelente que eu não sabia que existia e que saiu na altura do lançamento do filme nos anos 80. Trás ainda duas entrevistas com Walter Koenig e Bruce Campbell que só pecam porque  o entrevistador não faz qualquer pergunta de jeito ou minimamente interessante e é quase embaraçante olhar para a cara dos dois que nem acreditam que estão a ser tão mal entrevistados. Apesar de tudo esta edição alemã é uma verdadeira surpresa. Não só limparam o filme e está com uma cara lavada que provavelmente nunca teve nem quando foi lançado, contêm alguns extras muito interessantes mesmo e recomenda-se vivamente para quem não precisar de legendas.

Comprar DVD
https://www.amazon.co.uk/Moontrap-DVD-Walter-Koenig/dp/B00S9XYBVE/ref=sr_1_1?ie=UTF8&qid=1476485272&sr=8-1&keywords=moontrap

—————————————————————————————————————

IMDb:
http://www.imdb.com/title/tt0097911/

——————————————————————————————————

Filmes semelhantes de que poderá gostar:

planeta-burg38 capinha_creature capinha_cargo capinha_pandorum stranded04

——————————————————————————————————

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s