“OS CAÇADORES DE VAMPIRAS LÉSBICAS” (“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”) Phil Claydon (2009) INGLATERRA

Hein, e que tal isto para título de filme !! Meuz amigozz..zz…
Surpreendentemente, a coisa mais chocante em [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] foi a capa do meu bluray ter vindo censurada ! Na palavra “Lesbian” !!!
O que no entanto quer dizer que “Killers” já se pode escrever à vontade nos EUA… agora “Lésbicas“, valha-nos São Trump !

lesbian-vampire-killers

Sim, também eu pensei que seria um gag visual no grafismo da capa, mas logo descobri que na verdade não era. A capa do bluray que poderão encontrar na amazon.uk está mesmo censurada !
Na loja e online por todo o lado aparece o design normal mas se adquirirem o bluray irão provavelmente receber a edição americana (region free) e sendo assim preparem-se para levar com duas tiras de advertência sobre a presença de nocivo conteúdo sexual escrito !!
E ainda nem abriram a caixa do filme.
Em vez da palavra “Lesbian” está uma faixa impressa com um aviso a dizer: “Contém uma expressão de cariz sexual no original” !
E não se limitaram a colocar um autocolante com censura por cima da capa do bluray.
A capa do bluray já vem com essa faixa de aviso impressa no próprio grafismo o que estraga por completo o cartaz do filme abaixo, visto que não se pode retirar aquilo da imagem…

lesbian-vampire-killers_52

Inicialmente eu não queria crer no que estava a ver e estava convencido de que seria apenas uma piada no design já que o filme é uma comédia, mas afinal não é anedota ! Inclusivamente está outra barra com um aviso semelhante no decote da rapariga que aparece em grande plano e que alguém se apressou a cobrir tendo a capa do bluray sido lançada com um “selo” por cima !
O engraçado é que tentaram disfarçar a censura como se fosse parte de um gag visual pertencente ao próprio filme, o que me confundiu ao início. Não é.
Esta malta faz tudo para não ver mamas nos EUA.

Topem-me só abaixo o cartaz americano completamente standart (com a inevitável comparação ao “Twilight” ) mas sem qualquer intuíção de badalhoquices anti-cristãs…
Mocinhas sexys, mas decentes, vestidas decentemente como na catequese e tal…
Até a palavra “LESBIANFOI REMOVIDA DO TÍTULO na distribuição americana !!!

lesbian-vampire-killers_51

Portanto, como se o título [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] já não fosse genial por si próprio só o facto de me terem enviado um bluray censurado colocou-me logo em boa disposição para vir a gostar muito do filme.
Quem me manda comprar blurays a menos de 2 euros no Natal…com gajas…vampiras…lesbianas…zz.zz…

lesbian-vampire-killers_13 lesbian-vampire-killers_50

Surpreendentemente este [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] foi uma agradável surpresa em muitos aspectos e não estava nada à espera disto, até porque eu estava mesmo convencido de que não passaria de mais uma daquelas comédias estúpidas com adolescentes americanos em tretas de Spring Break ou algo assim.
Muito pelo contrário. Por detrás do divertido título [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] está realmente algo muito mais original e até porque não, especial.

lesbian-vampire-killers_37 lesbian-vampire-killers_42

Para começar o filme não é americano mas sim Inglês o que logo por aí foi indicação de que se calhar isto não seria bem a chungaria gringa de exploitation rasca que eu pensava que iria ser.
Por ser também cinema Inglês, moderno e jovem este filme entra totalmente naquela linha das criações ao estilo Simon Peg e Nick Frost realizadas por Edgar Wright. Quer isto dizer que se vocês são fãs de filmes como “SHAUN OF THE DEAD”, “HOT FUZZ”, “THE WORLD´S END” ou até “PAUL”, irão gostar de [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] sem qualquer dúvida.

lesbian-vampire-killers_45 lesbian-vampire-killers_32

[“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] foi uma verdadeira surpresa também porque o seu conceito não é “desinspirado” no que habitualmente vemos saído deste tipo de comédias nos estados unidos, mas vai beber totalmente ao cinema de terror Inglês clássico para nos dar uma comédia genuinamente divertida em muitos momentos.  Um filme que vai muito para além do que o título indicaria à partida.

lesbian-vampire-killers_08 lesbian-vampire-killers_12

Isto porque não se limita a ser apenas uma comédia com gajas boas, mas sim uma verdadeira homenagem constante não só à própria estética dos filmes da HAMMER como está carregado de detalhes que só quem conhece bem os clássicos de vampiros dessa época é que irá apanhar por completo quando vir esta aventura.

lesbian-vampire-killers_04 lesbian-vampire-killers_46

O que não deixa de ser notável para um filme essencialmente apontado às audiências (masculinas) modernas que pouco mais se lembram do que dos detalhes do último filme que passou no fim de semana, quanto mais conhecerem o que quer que seja do tipo de cinema que [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] tão bem satíriza e homenageia.
Há de tudo aqui, desde as vampiras mais sensuais até ao Peter Cushing/Vicent Price de serviço na pele de um divertido caçador de vampiros com filha gostosa e virginal em idade casadoira incluída.

lesbian-vampire-killers_03 lesbian-vampire-killers_41

E por falar em vampiras, o que [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] faz muito bem é precisamente ir mais além de toda aquela sexualidade e erotismo contido que existiam nos velhos filmes da Hammer com Christopher Lee e respectivas noivas de Drácula pois toda a vertente lésbica que sempre esteve óbviamente latente nesse cinema clássico; fazendo parte da mitologia vampírica é aqui abertamente utilizada, não para excitar mas para fazer rir.
Toda a auto-contenção desses filmes nas suas constantes insinuações sexuais sempre fez parte do charme do cinema dessa época que insinuava mais do que mostrava por isso [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] goza abertamente com esse estilo, moderniza-o e vai suficientemente mais longe para que não se fique apenas pela homenagem.

lesbian-vampire-killers_02 lesbian-vampire-killers_23

Agora, não esperem intensas cenas eróticas com roliças vampiras lésbicas, pois surpreendente o que este filme continua a fazer muito bem é precisamente mostrar apenas o suficiente. Em termos eróticos fica sempre naquela fronteira que o tornaria essencialmente num sexploitation rasca e nunca ultrapassa essa fasquia, embora pareça que o vai fazer em determinadas alturas. O que só lhe dá ainda mais tensão sexual sempre muito bem utilizada para criar piadas muitas vezes certeiras.
[“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] não quer ser um sexploitation, mas quer satirizar o género, especialmente quando este estava no seu auge lá pelos anos 60.

lesbian-vampire-killers_40 lesbian-vampire-killers_25

Como tal o objectivo aqui nunca foi apenas o de explorar sexualmente as imagem das personagens mas o de brincar com esse conceito. E portanto não é por acaso que todas as “bonecas” neste filme são essencialmente cartoons humanos de todos os estereótipos eróticos mais chungas e machistas que possam imaginar.

lesbian-vampire-killers_16 lesbian-vampire-killers_27

Temos a loira burra que come chupa-chupas, a loira inteligente, a ruiva tarada, a morena ganzada, a virgem e tudo o mais que vocês possam esperar. Se já viram um filme de vampiros daqueles como estes eram antes de serem totalmente imbecilizados nas sopeiradas dos “Twilight” então já sabem o que irão encontrar em [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”]. O “Twilight” é que isto não é de certeza pois tomara o “Twilight” ter a criatividade e qualidade que este filme se esforça por alcançar. 
[“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] apenas parece um filme burro e no entanto é mais do que o trailer.
É essencialmente um filme que se auto-parodia a si próprio, sabe que é cinema de baixo-orçamento e goza com isso até não puder mais.

lesbian-vampire-killers_28 lesbian-vampire-killers_35

Misturem os velhos clássicos da Hammer com o estilo Shaun of the Dead e obtêm [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”]; sem esquecer um leve toque a “Dracula” de Coppola que é aqui também bastante referenciado.
Os diálogos são tipicamente ingleses , as situações são uma enorme sátira a tudo o que possam já ter visto antes, os ambientes são artificiais de propósito e a acção é a mais tradicional possível sem nunca perder o fôlego na pouca duração que o filme tem.
Mete um par de cenas gore divertidas, alguns CGIs nada especiais mas que funcionam e tudo está cozinhado para nos descontraír durante pelo menos hora e meia.

lesbian-vampire-killers_43 lesbian-vampire-killers_15

A ter alguma falha estará no facto de algumas piadas parecerem que vão a algum lado mas ficam a meio caminho entre qualquer coisa sem graça e algo genialmente hilariante. Não é sempre, pois o filme tem momentos mesmo divertidos mas se calhar também tem personagens a mais e isso dispersa um bocado todo o ritmo cómico que isto teria se se tivesse focado essencialmente nos principais.

lesbian-vampire-killers_29 lesbian-vampire-killers_48

Grande parte do humor está até mais nos diálogos do que nos gags visuais, pois estes normalmente são compostos essencialmente por referências cinéfilas e portanto o filme tem momentos em que poderia ter sido bem mais engraçado mas não chega própriamente lá. Anda sempre num estranho equílibrio entre o genialmente hilariante e a piada sem grande efeito. Muitas vezes passa de um registo a outro numa questão de segundos.

lesbian-vampire-killers_31 lesbian-vampire-killers_33

Mas isto não quer dizer que não tenha momentos bem divertidos. Pelo contrário.
Outra coisa logo a destacar também é a entusiástica banda sonora. [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] está cheio de canções rock e pop em vários momentos que piscam o olho constantemente a um estilo Rockabily em modo 50s que dá ainda mais personalidade a este título pois a música é inclusivamente parte integrante de vários gags que resultam muito bem e contribuem para que esta comédia tenha realmente uma identidade muito própria.

lesbian-vampire-killers_49 lesbian-vampire-killers_18

A realização está óptima, a montagem idem e tem montes de personalidade onde não falta uma estilo visual muito próprio em jeito de cartoon real. Visualmente as vampiras estão fantásticas. Aliás…
Este filme com o “Scooby-Doo” pelo meio teria sido o melhor filme “Scooby-Doo” de todos os tempos !! Que pena que isto não é um título Scooby-Doo; acho que é a única coisa que falta aqui.
E sim está cheio de moçoilas vampiras lésbicas por todo o lado; embora apesar de não parecer o filme seja muito mais “tongue in cheek” do que propriamente erótico apesar de se calhar pelas imagens parecer algo muito mais intensamente sexual do que na realidade é.

lesbian-vampire-killers_17 lesbian-vampire-killers_34

A verdade é que apesar da censura na capa do bluray gringo [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] é um filme muito mais inocente do que aparenta ser à primeira vista, pois tudo no seu conteúdo reflecte apenas uma atitude de enorme divertimento ao contrário do que se calhar toda a gente estaria à espera.

—————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

Resumindo, totalmente recomendado !
Tão divertido como aparenta ser no trailer e mais ainda pois [“LESBIAN VAMPIRE KILLERS”] é um filme mais levado a sério do que se calhar parece.
Quem criou isto não o fez apenas para mostrar raparigas giras a curtirem umas com as outras ( ok, foi um bonús ), mas mostra que compreende por completo o género que pretendeu satirizar.
Acertou em cheio, resulta é divertido quanto baste e não tem propriamente falhas de maior dentro do que se propõe fazer.

Quatro Planetas Saturno

   

Só não leva mais pontos porque também não é filme para ir mais além do que já o fez. Além disso a história é o seu calcanhar de aquiles pois não tem qualquer surpresa e não houve tentativa de inovar para lá do que já se fez mil vezes em tudo o que já vimos antes neste tipo de aventura com atmosfera de comédia vampírica.

lesbian-vampire-killers_19 lesbian-vampire-killers_09

É no entanto um divertimento muito competente, muito bem feito e um título muito recomendado para quem quiser passar uns 80 minutos a ver como seria um filme da Hammer se esta ainda estivesse a fazer cinema de Vampiras clássico neste novo século.

A favor: o cruzamento perfeito entre o estilo Simon Peg e o velho cinema da Hammer, os actores nota-se que se divertem à brava nisto, está cheio de vampiras lésbicas e moçoilas roliças quanto baste, não tem problemas em colocar no ecran todo aquele erotismo que se adivinhava no cinema antigo, os personagens são engraçados, a vampira suprema tem um design a fazer lembrar o Alien com muita pinta, é um pequeno filme que resulta a todos os níveis.

Contra: não tem nada que já não tenham visto antes mil vezes em termos de história e nesse aspecto é bastante limitado pois tinha o dever de ser mesmo mais criativo com estes actores/actrizes e material. Os gags com o caçador de vampiros tinham a obrigação de ser mais engraçados mas neste caso é talvez o material cómico menos explorado ou pior desenvolvido. Só falta o “Scooby-Doo”.

E lembrem-se “Killers”… good, “Boobies” baaaaad…

—————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER

COMPRAR BLURAY – REGIÃO B (2) – EDIÇÃO ?…UK/EUA ?…

blu_ray_import

https://www.amazon.co.uk/gp/product/B001UQ5T5E/ref=as_li_tl?ie=UTF8&camp=1634&creative=6738&creativeASIN=B001UQ5T5E&linkCode=as2&tag=cinaosolnas-21

IMDb
http://www.imdb.com/title/tt1020885

—————————————————————————————————

lesbian-vampire-killers_53

——————————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de :

capinha_skindeep capinhas_galaxina capinha_keeper_of_darkness capinha_Hollywood Boulevard 2.jpg

——————————————————————————————————————

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s