“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” (“YOR : O CAÇADOR DO FUTURO” / “IL MONDO DI YOR”) Antonio Margheriti, aka: Anthony M. Dawson (1983) Italia / França / Turquia

[“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] foi um dos poucos títulos populares do princípio dos anos 80 que eu nunca cheguei a ver em criança. Nem o vi no cinema, nem sequer o apanhei em VHS quando a moda dos videoclubes surgiu em Portugal. Lembro-me de ver a cassete nas prateleiras com a sua capa icónica que me ficou na memória mas por qualquer motivo nunca cheguei a espreitar o filme. Como tal permaneceu durante décadas sendo um daqueles sobre o qual sempre tive imensa curiosidade, até pelo estatuto de culto que foi ganhando ao longo dos anos mas até há bem pouco tempo nunca tinha encontrado uma boa cópia.

POSTER1

SPACE OPERA SPAGHETTI

Numa altura em que o cinema de baixo orçamento Italiano produzia clones sem fim de tudo o que era género popular com destaque para os Western Spaghetti, a partir do momento em que Star Wars surgiu no final dos 70s o panorama mudou ligeiramente e agora a ficção-científica era também um género particularmente apetecível a todos aqueles produtores que estivessem interessados em apanhar a popularidade das aventuras espaciais despoletada pelas aventuras de Skywalker.
E ninguém estava mais interessado em enriquecer de um dia para ou outro à custa de filmes com raios laser do que os Italianos.

YOR_15 YOR_20

Por qualquer motivo, os Italianos pareciam no entanto achar que se conseguiria produzir space-opera semelhante a “A GUERRA DAS ESTRELAS” sem gastar dinheiro algum. Talvez habituados à facilidade com que rodavam filmes de Cowboys no Sul de Espanha sem precisar de pensar sequer em orçamentos dignos desse nome, certos produtores Italianos entre o final dos anos 70 e o início dos 80s atiraram-se a produzir clones de “STAR WARS” com tudo o que tinham à mão e [“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] foi um dos resultados.

YOR_11 YOR_17

O filme “Conan the Barbarian” estava ainda a ser um sucesso por essas alturas ( numa época em que os filmes levavam anos em exibição viajando entre cinemas de província ) ; além disso em termos de sucesso literário era também a época em que romances como “O CLÃ DO URSO DAS CAVERNAS”  ( que mais tarde passou também a filme ) despontavam para o sucesso de público e como tal alguém em Itália pensou certamente que a melhor receita para enriquecer depressa com um filme que metesse naves e robots seria certamente se a história fosse uma mistura entre aventura pré-histórica ( com dinossauros, homens das cavernas e tudo ) com uma aventura futurista que metesse raios laser, “stormtroopers” e explosões quanto baste.

YOR_40 YOR_29

E ainda se poupavam uns cobres se em mais de metade do filme os protagonistas só precisassem de estar vestidos com peles, se tudo fosse filmado em cenários naturais e se a parte futurista só surgisse lá mais para o final. Raios, a parte futurista até podia ser a surpresa da história e tudo !
O facto é que resultou.

YOR_16 YOR_23

ANOTHER TIME, ANOTHER PLACE… IN THE AGE OF WONDER…

Lembrem-se que estamos a falar de uma época em que era praticamente impossível o cidadão comum se deparar com qualquer *spoiler*. A internet não existia, revistas de cinema eram limitadas, raramente abordavam o cinema de baixo orçamento chunga e além disso a única coisa que o espectador comum conseguia ver sobre cada filme antes de pagar para o ver dentro da sala ( sem pipocas pois era proíbido comer durante a projecção ), seria o cartaz principal exposto do lado de fora do cinema, com um par de –lobby cards– adicionais se estes sequer existissem.
Como estavamos também numa altura em que se pintavam inúmeras versões de posters para cada filme havia sempre a hipótese de nos depararmos com uma das versões em que os “discos voadores” não estavam presentes, até porque muitos desenhos eram feitos nos países onde o filme era distribuído.

YOR_02

Trailers só seriam vistos também por quem andasse permanentemente a ir ao cinema todos os dias ( um filme diferente por dia em exibição ) e assim muito pouca coisa podia estragar as surpresas dos filmes nessa época.

POSTER2

Como tal, uma das razões porque [“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] também resistiu ao tempo enquanto filme de culto foi porque na altura a história surpreendeu quem o viu pela primeira vez no cinema se o viu sem saber nada sobre o que ia encontrar pela frente.
Nada no início do filme indica que este seria mais do que apenas um estranho híbrido entre filme das cavernas no estilo exploitation clássico de um “ONE MILLION YEARS BC” ( mas sem Raquel Welch ) cruzado com o estilo de um “CONAN THE BARBARIAN” de John Milius mas com um protagonista mais lingrinhas em total modo de loiro-burro.

YOR_32 YOR_18

O facto da última metade da história na época ter entrado por um estilo mais Star Wars foi algo inesperado que acabou por gerar uma boa publicidade de boca-em-boca. Na verdade até que a ideia para a época não foi nada má de todo. Apesar do objectivo ter sido apenas o de reduzir custos, no fundo acabou por potenciar a popularidade do filme o que certamente terá agradado aos investidores na altura.

YOR_39 YOR_14

O CAÇADOR DA TURQUIA

[“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] é foi uma produção Italiana, com algum capital Francês e rodada na Turquia para tirar proveito do ambiente alienígena de algumas das suas formações geológicas naturais. Foi uma boa ideia, pois se o filme ainda hoje se distingue da típica chungaria “Madmaxiana” EUA sem imaginação produzida na época também pode agradecer ao facto do realizador ter conseguido criar realmente um mundo particularmente interessante e variado para: Yor, o loiro-burro do Futuro.

YOR_08 YOR_25

Apesar de terem construído alguns dos piores pseudo-clones de Star Wars na altura, em certos títulos os Italianos souberam mesmo muito bem contornar a total ausência de recursos para conseguir dar às audiências da época aquilo que toda a gente pedia para ver no cinema e pura e simplesmente não existia; mais “STAR WARS” !
Ok, é certo que mesmo o filme de George Lucas tendo sido um Série-B e o cinema “semelhante” Italiano se esforçasse para conseguir passar inclusivamente do Série-Z, a verdade é que em Itália se produziram mesmo assim alguns dos melhores e mais memoráveis filmes de aventura espacial dessa altura. Filmes que na época conseguiram maravilhar suficientemente o público sedento por histórias com muitos raios lazer para terem gerado bastante dinheiro.

YOR_06 YOR_24

O CHOQUE…DAS ESTRELAS

O sucesso das space-operas Italianas, inclusivamente levou a que nos EUA , o mítico Roger Corman se atrevesse a distribuir “STARCRASH” através da sua produtora ( depois de ter dobrado a protagonista do filme ” em americano “ ) e fez com que ele próprio tivesse perdido a cabeça e investido 5 milhões de dólares para criar o seu próprio “Star Wars”; o genial e divertidamente clássico “BATTLE BEYOND THE STARS“.
[“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] é portanto um produto dessa época que já não volta mais, onde os poucos recursos davam origem a imaginação para compensar. Onde o cinema de baixo orçamento nem sequer era notado enquanto tal pelos espectadores e este ainda não era uma moda.
Quem ia ver um filme de ficção científica numa sala era mesmo porque gostava de ficção científica e tudo.

YOR_21 YOR_27

[“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] estava por isso em boa companhia, “STARCRASH“, ( o meu favorito ) ainda não tinha saído das salas de cinema, “HUMANOID” continuava a plagiar o estilo George Lucas alternadamente e o cinema Italiano dava luta nas salas. Até aos Japoneses que com os seus “MESSAGE FROM SPACE” e “WAR IN SPACE” tentavam sacar algum aqui no ocidente.
Isto enquanto Corman apanhava o barco com “BATTLE BEYOND THE STARS” claro está.
Resumindo o espaço profundo com as suas space-operas baratas foi um universo divertido por aquela época, continuando hoje a ser uma curiosidade fascinante.
E como pude constatar há bem poucas semanas quando vi pela primeira vez este filme, [“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] não foi excepção, merecendo estar também entre os melhores dos piores clones de Star Wars com todo o mérito ainda hoje.

YOR_05 YOR_35

A ideia da pré-história resulta mesmo bem, os terríveis efeitos especiais com dinossauros mecânicos permanecem supreendentemente cativantes ainda hoje, o mundo de Yor é bastante variado geograficamente e toda a aventura decorre em estilo road-movie pré-histórico a bom ritmo.
Os ambientes estão sempre a mudar, os personagens até têm a sua piada pela ingenuidade permanente que demonstram e há que convir que as moçoilas da idade-da-pedra futurista até são bem roliças.

YOR_34 YOR_19

A PRÉ-HISTÓRIA DA BD

[“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] é uma adaptação ao cinema de uma banda desenhada Argentina, daquelas que existiam por todo o lado no final dos anos 70 em revistas como “MUNDO DE AVENTURAS” e que na sua maioria eram Italianas ou Sul Americanas muito antes do mundo desinspirado dos comics de super heróis modernos gringos produzidos em modo fast-food terem infestado o planeta e acabado com a imaginação na banda desenhada. Na verdade o filme é uma semi-adaptação, pois a parte de ficção científica em estilo “Star Wars” não existia na banda-desenhada original.

YOR_26 YOR_03

No entano a parte de ficção-científica é divertida em [“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] e o seu conceito faz até lembrar a civilização futura que há poucos anos vimos no fabuloso “CLOUD ATLAS“.
A versão futurista em YOR foi construída recorrendo ao mesmo guarda roupa que já tinha sido utilizado em “HUMANOID” e portanto se conhecem bem as space-operas desta altura não estão a ter um dejà-vu quando repararem nos uniformes dos “robots”/soldados-dos-maus. São os mesmos.

YOR_09 YOR_04

Se estivessemos a falar de um filme moderno hoje, alguém diria logo que tanto “HUMANOID” como [“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] se passariam no mesmo universo e tínhamos aqui um franchising.

—————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

[“YOR : THE HUNTER FROM THE FUTURE” / “YOR : O CAÇADOR DO FUTURO“] dentro deste contexto mais antigo do início dos 80s é ainda hoje um produto divertido e uma aventura que se acompanha muito bem onde não falta um certo toque ao original “Planet of the Apes” também que lhe fica bastante bem.
E em última análise é tão bom ou tão mau dependendo do ponto de vista quando “FLASH GORDON” na mesma época o foi com um orçamento muito maior.
Neste contexto.

Três Planetas Saturno

  

O facto de eu não o ter visto em criança retira-lhe agora alguma da sua magia a nível pessoal mas mesmo assim é um daqueles filmes que se recomenda a quem curtir estas space-operas retro produzidas em Itália.

GIF1

A favor: a ingenuidade, tem mais imaginação do que aparenta à primeira vista, o ambiente chunga, as moçoilas roliças, o loiro-burro, a mistura de género, os maus efeitos especiais, tudo é mau e portanto tudo é bom; até a biblioteca de som é aquela que se ouve sempre nos produtos da altura.

Contra: A parte de ficção científica até acaba por ser a menos interessante.

—————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER


—————————————————————————————————

comic01

IMDb
https://www.imdb.com/title/tt0084935

——————————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de :

capinha_BYE BYE JUPITER.jpg capinha_flash-gordon capinha_the-humanoid capinha_spacehunter capinha_starcrash capinha_mesagefromspace73x capinha_GUERRANOESPACO.jpg

——————————————————————————————————

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s