“WORLD ON A WIRE” (World on a Wire ) Rainer Werner Fassbinder (1973) ALEMANHA

[“WORLD ON A WIRE“]  é um verdadeiro título esquecido.
Tal como muita gente pensa que George Lucas inventou a – Space Opera – quando criou STAR WARS, os media também passaram a ideia de que MATRIX foi um título bem mais original dentro da ficção-científica do que na verdade é, embora o contexto muito poucas vezes tenha sido referido em reviews ou textos mais cinéfilos.
Não por culpa dos irmão Washowsky, pois como poderão ver na enormidade de extras presentes nos filmes, MATRIX eles bem referenciam as bases da sua aventura. Mais do que uma ideia nova , MATRIX foi essencialmente uma modernização de alguns conceitos clássicos já presentes na obra de escritores como Philip K.Dick ; apenas agora meteu porrada estilizada à mistura e um sabor anime / cyberpunk.

World+on+a+wire+Poster

Precisamente na mesma altura em que MATRIX saiu, houve um filme muito semelhante em termos de conceito no que toca a realidades virtuais. Chamou-se “THE 13TH FLOOR” e passou despercebido tendo ido practicamente directo para video, isto apesar das muito boas reviews e recomendações que teve em muitos sitios. Na verdade “THE 13TH FLOOR” foi ofuscado por MATRIX mas apenas pelo óbvio efeito-pipoca, visto que o primeiro é essencialmente um título de baixo orçamento criado para o público da ficção-científica e o segundo é um comic-book mesmo prontinho para os nerds dos comics e Comicons se babarem.
No entanto curiosamente o facto de ambos os filmes terem essencialmente a mesma base ( e até certo ponto, quase a mesma história ) também não passou despercebido junto de alguma media mais especializada em ficção-científica ; (ou em ciência).

World+on+a+wire_33 World+on+a+wire_39

E isto porque tanto MATRIX como “THE 13TH FLOOR” vão beber directamente ao mesmo romance que já tinha sido antes adaptado para uma série de televisiva Alemã em 1973.
Na verdade “THE 13TH FLOOR” é uma nova adaptação da novela “World on a Wire” e portanto se vocês conhecem e gostam desse filme, não estranhem se agora espreitarem [“WORLD ON A WIRE“] e descobrirem que tem exactamente a mesma história.
MATRIX tem a mesma base, mas partiu noutra direcção mais Hollywood com todo o mérito, “THE 13TH FLOOR” é quase um remake de [“WORLD ON A WIRE“], um reboot enquanto adaptação do livro original.
Portanto meus amigos , esta ideia de realidade virtual já existia na ficção-científica décadas antes do pessoal sequer pensar que haveria um dia em que teriamos computadores em casa, o que não deixa de ser extraordinário.

World+on+a+wire_23 World+on+a+wire_37

Até há bem pouco tempo [“WORLD ON A WIRE“] era considerado um daqueles títulos não só esquecidos, como também absolutamente perdidos para sempre ; (quase um rumor) e foi graças não só ao sucesso de Matrix em termos de cultura pop como também ao facto de “THE 13TH FLOOR” se ter tornado num filme de culto, que de repente alguém se lembrou de que o romance que lhe deu origem já tinha antes sido adaptado ao “cinema”.
E foi meio caminho andado, até que uns cinéfilos arqueólogos malucos, descobriram refundidos em arquivos da produtora Alemã original um monte de fragmentos e cópias manhosas da produção original [“WORLD ON A WIRE“] realizada para televisão em 1973 pelo clássico realizador Europeu, Rainer Werner Fassbinder.

World+on+a+wire_40 World+on+a+wire_35

A partir daí a obra foi restaurada e relançada há pouco tempo, principalmente em BLURAY, tendo surpreendido meio mundo dentro da área da ficção-científica pois, tal como eu muita gente nem sabia que “THE 13TH FLOOR” tinha sido uma nova adaptação do mesmo romance “World on a Wire“, embora os extras de MATRIX já tivessem referenciado a influência da obra original.

MUNDOS PARALELOS

Se viram MATRIX ou THE 13TH FLOOR já sabem o que esperar aqui.
A história é sobre alguém que um dia começa a perceber que algo se passa na sua realidade quando muitas coisas ao seu redor começam a mudar e mais ninguem a não ser ele parece notar que algo de estranho está a acontecer. Primeiro é o seu amigo que desaparece e ninguém acreditar que ele alguma vez existiu mas logo os eventos anómalos se sucedem até a história seguir o mesmo rumo que já viram em THE 13TH FLOOR embora com bastantes variantes no percurso da narrativa pois [“WORLD ON A WIRE“] é uma adaptação mais fiel do romance original.

World+on+a+wire_21 World+on+a+wire_10

[“WORLD ON A WIRE“] é tão fascinante quanto repulsivo.
A tal ponto que eu considerei sériamente não o comprar pois se há coisa que eu abomino por completo é aquela estética Europeia do início dos anos 70 ainda com resquícios de Swinging 60s em modo Austin Powers psicadélico e onde tudo é frio, axadrezado, plástico e de um intenso mau gosto em termos de cor, iluminação e textura.

SCIFI DA LUZ VERMELHA

Tudo em [“WORLD ON A WIRE“] me parece saído de um mau porno ultra chunga daqueles mesmo rançosos filmado no início dos anos 70. Os gajos parecem ou vestem-se todos como uma mistura entre chulos e Man in Black e as gajas parecem todas trailer trash em modo puta de esquina mas em versão chique.

World+on+a+wire_03 World+on+a+wire_29

E a representação de toda a técnologia essencialmente reflecte o facto da coisa com o design mais avançado na época se calhar ser uma fotocopiadora da Rank Xerox.
Ou seja, se há periodo estético que eu abomino visualmente é aquele que decorreu entre o final dos anos 60 e meados de 1977 até que o aparecimento de STAR WARS e ALIEN vieram colocar ordem na casa em termos visuais e as pessoas nos filmes de ficção científica deixaram de se parecer ou com guias de shopping-center ou com modelos Fashion estilosos em modo alta costura para putas histéricas.

World+on+a+wire_38 World+on+a+wire_08

O período que nos deu aquelas maravilhosas obras como “ZARDOZ” outro dos meus ódios estéticos de estimação que simplesmente não consigo suportar, ou que nos deu o cinema psicadélico de Jodorowsky que simplesmente me faz querer partir o ecran a todo o instante. Salva-se o “SOLARIS” que está entre os meus filmes favoritos mas isto é porque a estética Russa muito particular conseguiu salvar a coisa e não deixar o visual do filme entrar no tipo de histerismos que [“WORLD ON A WIRE“] contém.
É um produto de uma época, é certo. Mas é uma época que eu estéticamente abomino e como tal só de pensar que ia ter que ver quase quatro horas de ficção-científica narrada através de todos aqueles códigos visuais eu estava um bocado hesitante em comprar isto apesar das reviews.

World+on+a+wire_26 World+on+a+wire_01

Mas na verdade foram as reviews ultra positivas espalhadas por todo o lado que me fizeram arriscar e ainda bem. É verdade, esqueçam o visual merd… ehm… plástico e [“WORLD ON A WIRE“] é realmente fantástico.
Se conseguirem meter para trás das costas o look putéfia sofisticada das mulheres e o estilo frequentador casa-de-alterne dos homens , por detrás dessa aparência que inicialmente os poderá distraír está realmente um dos melhores filmes de ficção-científica obscuros dos últimos anos.
Até mesmo para quem conhece “THE 13TH FLOOR” , [“WORLD ON A WIRE“] irá parecer refrescante. Aliás, se conhecerem “THE 13TH FLOOR” e gostarem dessa versão moderna, então esta versão original é de visualização totalmente obrigatória pois uma das suas coisas mais viciantes e também a razão porque os dois discos da série vêem-se num instante sem darmos pelo tempo passar é porque realmente comparar as duas adaptações do romance é logo meio caminho andado para passarmos o tempo fascinados.

World+on+a+wire_07 World+on+a+wire_04

Mesmo os efeitos retro neste caso, por muito “psicadélicos” que nos pareçam a verdade é que resultam plenamente pois estão particularmente bem equilibrados com tudo o resto que precisa acontecer na aventura.

ESCRITÓRIOS DE SEGURADORAS, BARES DE ALTERNE, CENTROS COMERCIAIS E CASAS DE P…

Curiosamente este parece ter sido na verdade o primeiro título a merecer a classificação de “No Set Cinema” que foi atribuída agora como sendo uma novidade ao filme “ANIARA“, visto que [“WORLD ON A WIRE“] foi todo também filmado em shopping-centers, bares, escritórios, restaurantes e diria eu … casas de putas reais com toda a certeza.

World+on+a+wire_32 World+on+a+wire_16

[“WORLD ON A WIRE“] é por isso mais um título de ficção-científica na linha estética de “ANIARA“, isto no contexto de uma produção filmada em locais reais mas que pretende fazê-los passar por cenários futuristas muitas décadas no futuro.
Arrisco-me a dizer que [“WORLD ON A WIRE“] não funciona particularmente bem se compararmos com a maneira como resultou em “ANIARA” mas isto é talvez fruto do meu próprio preconceito.

World+on+a+wire_25 World+on+a+wire_05

Quanto a Fassbinder que parece estar a levar ao orgasmo muita da criticalhada mais iluminada que olha para este titulo redescoberto agora como se fosse a Mona Lisa pintada por Deus himself , quero que se lixe o endeusamento do realizador.
[“WORLD ON A WIRE“] está excelente. Muito bem pensado, dirigido mesmo e acho que não precisamos ir mais longe.

ALPHAVILLE 2.0 ?

O “filme” tem uma óptima atmosfera ( apesar das minhas reservas estéticas para com isto ) e tem por aqui um certo sabor ao clássico “ALPHAVILLE” de Jean-Luc Godard. Talvez por isso haja por aqui também um toque de filme noir ao melhor estilo Blade Runner, precisamente porque ambos terão ido beber um pouco à mesma origem certamente.

World+on+a+wire_30 World+on+a+wire_22

A história é excelente e suficientemente diferente de “THE 13TH FLOOR” para ser realmente cativante até ao fim e tudo em [“WORLD ON A WIRE“] como dizem as critícas por aí resulta em pleno. Principalmente como uma excelente proposta de ficção-científica.
Isto é tão bom que me arrisco a dizer que inclusivamente pessoal mais pipoqueiro que tenha curtido o Matrix , se gostar mesmo de sci-fi e quiser espreitar as origens daquilo que o franchising de Hollywood teve de melhor em termos de conceito se calhar irá gostar de espreitar [“WORLD ON A WIRE“].

World+on+a+wire_04 World+on+a+wire_27

Não esperem cenas de acção, mas se gostam de histórias scifi sobre mundos virtuais e querem assistir a uma que esteve realmente muito à frente do seu tempo não percam [“WORLD ON A WIRE“]. E isto vale para toda a gente.
No entanto como isto é realmente pura ficção-científica, se calhar [“WORLD ON A WIRE“] não será indicado para o público moderno mais generalista, pois muito provavelmente irão odiar tudo o que irão encontrar aqui.

——————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

[“WORLD ON A WIRE“] é realmente aquele tesouro raro dentro da ficção-científica que muitas reviews apregoam. A tal ponto que parece gerar consenso entre pessoas que até normalmente só consomem mais produtos standartizados de Hollywood.
É realmente fascinante, hipnótico e em última análise divertido até, quanto mais não seja porque parece ter sido todo filmado numa casa de alterne para gente chique.

Cinco Planetas Saturno

    

Não leva o Gold Award porque eu por mais que tente não consigo ultrapassar aquela estética Europeia intelectual em estilo psicadélico do início dos 70s em que tudo se parece com uma loja de electrodomésticos de 1972.

A favor: a história, o ambiente scifi conseguido apenas através de cenários comuns, tem qualquer coisa de hipnótico.

Contra: já vi interiores de bares de putas com melhor bom gosto.

—————————————————————————————————

World+on+a+wire+Poster2B

TRAILER

—————————————————————————————————

COMPRAR NA AMAZON UK
https://www.amazon.co.uk/World-Wire-Limited-Box-Blu-ray/dp/B07GK1Q2FN/ref=sr_1_1?crid=PIPL821H311K&dchild=1&keywords=world+on+a+wire+blu+ray&qid=1584650129&s=dvd&sprefix=world+on+a+wire%2Cdvd%2C222&sr=1-1

World+on+a+wire+Poster

—————————————————————————————————

IMDb

World+on+a+wire+Poster2

https://www.imdb.com/title/tt0070904/?ref_=ttfc_fc_tt

—————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de:

capinhas_2046 capinha_franklyn capinha_natural-city capinha_DARK CITY

—————————————————————————————————

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s