“THE BEYOND” (“THE BEYOND”) Hasraf Dulull (2017) Inglaterra

Mais um dia, mais um filme de ficção-científica extraordinário, daqueles com classificação miserável no IMDb.
[“THE BEYOND“] é fantástico.

Poster2

Curiosamente eu quando o vi pela primeira vez numa das inúmeras cópias pirata que circulam pela internet, também não lhe achei piada nenhuma. E sinceramente ainda hoje me estou a perguntar sobre o porquê daquela minha primeira reacção.
É que [“THE BEYOND“] é mesmo muito bom, muito bem feito, muito bem filmado , com uma atmosfera a puxar para o “INTERSTELLAR” em versão low budget e ainda por cima parte de vários conceitos que por si só podiam dar origem a vários filmes diferentes mas no entanto consegue levar a bom porto todas as ramificações para nos dar um daqueles finais em que ficamos com vontade de continuar a ver mais.

Poster

A sensação com que se fica é que [“THE BEYOND“] bem que poderia também ser desenvolvido para uma série de TV, pois têm aqui um excelente ponto de partida e daria uma excelente série de ficção-cientítica naqueles moldes mais sérios como “INTERSTELLAR” e “ARRIVAL“.
No entanto é mesmo verdade que eu detestei isto quando o vi pela primeira vez e quase que não consegui chegar ao fim.
Talvez porque na altura estava mesmo completamente farto deste estilo de cinema de baixo-orçamento – Found-Footage – e como tal entrei logo nisto como se estivesse a fazer um enorme frete , o que fez com que não tivesse prestado grande atenção ao que via.

THE BEYOND_01 THE BEYOND_08

Na verdade, não sei o que aconteceu e não faço mesmo a mais pequena ideia da razão porque detestei [“THE BEYOND“] inicialmente.
Pelas reviews que estão no IMDb e espalhadas em comentários pelo Youtube se calhar o que aconteceu com muita gente que só deu mesmo uma única oportunidade a isto terá sido o que me aconteceu a mim inicialmente também…
Vi-o agora em Bluray, pois incrivelmente , eu acabei por o comprar no Natal passado.
Tenho por tradição comprar um monte de cinema scifi independente e de baixo orçamento no Natal e [“THE BEYOND“] veio parar ao meu cesto de compras na amazon Alemã porque essencialmente estava em promoção na altura e nem custava 5€uros sequer.
Bendita promoção. Neste momento por acaso, o filme já se encontra esgotado em todas as amazon, excepto na amazon.com ( mas bloqueado à região A norte americana )… Pode ser que o reeditem por cá em breve.

THE BEYOND_19 THE BEYOND_22

BEYOND QUALQUER CÓPIA PIRATA

Da segunda fez que vi [“THE BEYOND“] , já em Bluray e não na minha antiga cópia pirata adorei. Não consegui descolar do filme do primeiro ao último minuto e quando acabou ainda fiquei com vontade de ver mais.
Só uma nota para aquele pessoal que acha que não vale a pena comprar os filmes de que gostamos em Bluray para guardar quando podemos sacar cópias de bluray-rip a 1080p…trust me, não é a mesma coisa e eu tive a prova. Ver [“THE BEYOND“] em Bluray dá-lhe uma vida completamente nova, pois digam o que disserem mas aquele bocadinho de definição extra que só se encontra num produto original faz toda a diferença. Especialmente num filme carregado de pormenores visuais que ganham vida nova quando apresentados no melhor da alta definição e não apenas num rip-pirata sacado na internet.

THE BEYOND_07 THE BEYOND_10

A qualidade de imagem é excelente, a própria fotografia do filme é mesmo muito boa e o som é do melhor. Vejam-no com headphones como eu o vi agora ; ( se calhar é esse o truque para começar a curtir este título , pois [“THE BEYOND“] é mesmo um daqueles filmes cujo a atmosfera scifi para ficar completa depende mesmo muito da combinação som/imagem e a parte do som foi também o que faltou em qualidade quando o vi na minha cópia sacada de um torrent antes.

THE BEYOND_12 THE BEYOND_13

[“THE BEYOND“] é pura ficção-científica. E mais uma vez, volto a dizer se calhar não será coincidência estarmos de novo na presença de mais outro título do cinema Europeu e não de mais outro blockbuster de Hollywood. Algo que parece ter contribuído também para muitos dos comentários do público no IMDb, pois se calhar muita gente esperava uma espécie de Transformers ou algo assim visto que [“THE BEYOND“] também envolve “robots” gigantes – “tripulados” – por seres humanos… mas não da maneira que muita gente se calhar estava à espera.

THE BEYOND_06 THE BEYOND_03

THE INTERSTELLAR ARRIVAL

Quando uma estranha anómalia no espaço é detectada, a ciência conclui que estaremos na presença de um primeiro contacto com uma civilização extra-terrestre, isto porque na mesma altura aparecem nos céus de todo o mundo uma verdadeira invasão de objectos que aparentam estar apenas ali; à espera. Quem são ? Porque vieram ?
Com isto entramos em território familiar já explorado em “ARRIVAL“. Se são o tipo de público que gostou desse excelente filme de ficção-científica então irão adorar [“THE BEYOND“].

THE BEYOND_09 THE BEYOND_14

Para que a humanidade consiga viajar através desse – worm hole – ou provável – stargate – e obter respostas àquilo que parece ser um convite, a única forma é se os primeiros voluntários se submeterem a um processo que mistura o corpo humano com tecnologia, sabendo de antemão que nunca mais poderão voltar a ser humanos mas que ao mesmo tempo se tornarão quase super-herois em termos do poder que poderão alcançar. É essa a única forma do ser humano conseguir sobreviver à viagem e como tal logo muitos voluntários começam a surgir com o propósito de se tornarem no primeiro ser humano a entrar em contacto com uma raça extra-terrestre. E aqui passamos à parte que se assemelha a “INTERSTELLAR” mas numa versão cyborg.
Portanto, se gostaram de ARRIVAL e acham que ficaria bem com uma pitada de “INTERSTELLAR” , não hesitem em espreitar este pequeno grande filme que conta com pouco mais de 80 minutos mas também parece muito maior no melhor dos sentidos.

THE BEYOND_21 THE BEYOND_17

THE NEWS

Como já referi, [“THE BEYOND“] não é um filme “normal”. Imaginem um documentário e é isto que irão ver neste filme pois não está filmado com uma narrativa clássica tradicional mas sim como se estivessemos mesmo a ver imagens recolhidas no local, clips de arquivo, etc. Talvez tenha sido por isto que não me cativou da primeira vez e tanta gente também ataque o filme online.
[“THE BEYOND“] é essencialmente um falso documentário e é assim que têm que partir para ele. Esqueçam todas as convenções de cinéfilia, deixem-se levar por este falso universo e garanto-vos que ficarão agarrados.

THE BEYOND_16 THE BEYOND_15

THE FINAL FRONTIER

[“THE BEYOND“] é sobre isto, a fronteira final. Não apenas no que toca ao que nos espera no universo mas também sobre aquilo em que a humanidade se precisa tornar para que um dia consiga mesmo viajar no espaço, isto porque o facto de vivermos e estarmos biológicamente adaptados apenas a este planeta é no fundo aquilo que impede que exploremos mais longe e torne tão dificil a humanidade abandonar o seu berço neste sistema solar.
O filme explora imensas questões, vocês vão ficando a gostar dos “personagens” e depois ainda que brevemente ainda evolui para um daqueles títulos de ficção científica que são ideais para todos aqueles que procuram histórias sobre exploração e primeiros contactos.

THE BEYOND_02 THE BEYOND_04

O design do filme é fantástico a todos os níveis, os sets ou localizções reais são perfeitas e os efeitos especiais são surpreendentemente bons e perfeitamente capazes de so fazer esquecer que estão a ver um filme independente Europeu Inglés e não um blockbuster Norte Americano.
Leva logo também pontos adicionais pelo seu final. Embora muito breve para grande pena minha ( pois queria mesmo saber mais sobre o que poderá acontecer a seguir ) , a verdade é que pelo menos no caso de [“THE BEYOND“] , o espectador pode ficar descansado. [“THE BEYOND“] não é outro daqueles títulos “found-footage” que leva o tempo todo a criar mistério com coisa nenhuma e depois chega ao fim e deixa-nos pendurados com fins inconclusivos.

THE BEYOND_05 THE BEYOND_11

[“THE BEYOND“] tem um óptimo final aberto. Responde a tudo o que constroi em termos de suspense e mistério ao longo da sua narrativa de falso documentário e só fica incompleto em termos de história porque como disse, isto seria na boa o início de uma série de televisão scifi com muito boas ideias e com muito para desenvolver a partir daqui. Não me admirava nada que um destes dias ainda aparecesse algo baseado neste filme.

——————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

Dêem uma oportunidade a [“THE BEYOND“]. Se calhar… dêem uma segunda oportunidade até. Entrem nisto logo à espera de ver algo num estilo documentário e não esperem “um filme”. Se o fizerem e partirem para [“THE BEYOND“] apenas procurando por uma boa história de ficção-científica sobre exploração espacial e primeiro contacto com extraterrestres não tenho dúvidas de que irão gostar mesmo muito disto tal qual eu gosto deste filme agora. Aliás , este é um daqueles títulos que insiste em não me sair da cabeça. Se calhar porque há actualmente tão pouca ficção-científica saída de Hollywood digna desse nome que o facto desta estar cada vez mais a ser produzida independentemente na Europa ainda torna todos estes títulos mais fascinantes.
[“THE BEYOND“] é certamente um deles.

Cinco Planetas Saturno

   

Não ganha um Gold Award… porque apesar de tudo, cinemáticamente falando, isto é um documentário e não é  própriamente “um filme”. O – found footage – embora bem usado acaba por remeter este scifi para um nicho que o limita um bocado enquanto obra para cinema.

A favor: a história, o conceito, o mistério do que está para lá do portal, o design, o som, a fotografia, as interpretações, a realização, o final da história. Deixa-nos com vontade de saber mais.

Contra: o estilo found-footage limita-o bastante naquilo que poderia ter sido embora se compreenda que este tenha sido o formato certo até para se poupar algum dinheiro na produção certamente. Deixa-nos com vontade de saber mais.

—————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER

—————————————————————————————————

IMDb
https://www.imdb.com/title/tt5723416/

—————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de :

capinha_moontrap capinha_MOON 44.jpg capinha_solaris capinha_cargo capinha_CHILDHOODS-END.jpg capinha_2010.jpg

——————————————————————————————————

 

 

“THE SHASTA TRIANGLE” (“The Shasta Triangle”) Barry W. Levy (2019) EUA

Olha !! Mais um pequeno grande filme de ficção científica independente que é saco de pancada no IMDb.
Vamos lá então salvar isto da classificação miserável atribuída por utilizadores que certamente esperavam um comic-book ou algo mais blockbuster.
[“THE SHASTA TRIANGLE“] é mesmo muito, muito interessante.
E muito bem filmado também.

THE SHASTA TRIANGLE02

Apesar de se notar que é mesmo um pequeno filme; ( basta ver a constante repetição de nomes nos créditos finais para parecer que a coisa tinha mais peso ) a verdade é que [“THE SHASTA TRIANGLE“] não deixa de conter um  bom número de pequenas ideias também, que no seu todo formam um conceito particularmente cativante.
Como curiosidade a produtora e argumentista é a miuda “antipática” da história e fez um trabalho excelente. Tanto com o seu personagem como em toda a dinâmica do mistério.

THE SHASTA TRIANGLE07 THE SHASTA TRIANGLE12

Não quero revelar muito pois o filme na sua totalidade não chega a ultrapassar 1 hora de “longa metragem” + uns seis minutos de créditos finais que rolam muito lentamente. Mas não deixem que esta pequena duração os afaste de [“THE SHASTA TRIANGLE“]. O filme parece maior quando o estamos a ver.
Aos 40 minutos eu pensava que já tinha visto mais de uma hora de filme e isto não porque a coisa fosse chata ou arrastada ou desinteressante. Bem pelo contrário !

THE SHASTA TRIANGLE15 THE SHASTA TRIANGLE13

[“THE SHASTA TRIANGLE“] contém mesmo muitos detalhes que enriquecem o mistério a cada minuto que passa e talvez por ter uma duração tão curta nenhum segundo ou diálogo é desperdiçado, ora para criar personagens cativantes ora para adensar o mistério sobre o que se passou ao redor do desaparecimento do pai da protagonista.
[“THE SHASTA TRIANGLE“] tem ainda tempo para um pequeno twist de que eu não estava à espera e que para mim deu logo mais um ponto ao filme que a certa altura se parece até com uma das minhas séries de scifi favoritas do Netflix “DARK”.

THE SHASTA TRIANGLE10 THE SHASTA TRIANGLE04

[“THE SHASTA TRIANGLE“] é baseado num mistério real que desde há alguns anos parece ocorrer no verdadeiro monte Shasta mas que deixarei também para vocês descobrirem pois tudo isto faz parte da história.
O elenco é bastante bom, as cinco protagonistas funcionam muito bem e são todas suficientemente diferentes para manterem o interesse.

THE SHASTA TRIANGLE11 THE SHASTA TRIANGLE14

Outro dos bons pontos positivos em [“THE SHASTA TRIANGLE“] está na realização. Nada se perde nesta narrativa que depende muito também da óptima montagem e sente-se que cada plano foi planeado ao pormenor para encaixar num todo. A utilização de drones para filmar planos aereos também ajudou a abrir a escala do filme em alguns momentos. Isto aliado a uma boa fotografia faz com que até tecnicamente [“THE SHASTA TRIANGLE“] seja um titulo -indie- de baixo orçamento particularmente fascinante.

THE SHASTA TRIANGLE03 THE SHASTA TRIANGLE17

É óbvio que talvez o seu ponto fraco sejam os efeitos especiais digitais, mas nem sequer são maus, nem nada que se pareça. Apenas refletem o pouco orçamento que esta produção que porventura terá sido quase caseira terá tido e isso nem sequer é algo negativo até porque [“THE SHASTA TRIANGLE“] tem a sua força na história e não nas sequências de acção. Como também não depende de efeitos para funcionar todo o resultado final é particularmente agradável e recomenda-se vivamente a quem gostar muito de ficção-científica e tiver uma hora livre hoje para gastar.
Ignorem as reviews negativas e a baixa classificação que encontrarem no IMDb. Essa malta não deve gostar mesmo de scifi.

THE SHASTA TRIANGLE19 THE SHASTA TRIANGLE05

Só uma nota. Algumas reviews apresentam isto como filme de terror e criam a impressão que de [“THE SHASTA TRIANGLE“] será uma espécie de Blair Witch. Não é.

MK03

É ficção-científica e não precisa sequer de “jump scares” para nada pois o seu ambiente perturbante já é suficientemente creepy.
Também não é um slasher ou um daqueles filmes teens.
O facto das protagonistas serem jovens é apenas isso.

——————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

[“THE SHASTA TRIANGLE“] foi uma boa surpresa. Na verdade não pensei que fosse tão bom e tão interessante. Nota-se o esforço para ser criativo e mantêm-nos agarrados pelo mistério até ao último frame.
Contém excelentes ideias na forma como aborda a premisa da história e apesar de ser um filme muito simples é algo que irá agradar a qualquer fã de sci-fi que goste de cinema independente e não esteja à espera de um blockbuster de Hollywood.

Quatro Planetas Saturno

   

Como filme talvez pudesse ter ficado pelos três Planetas Saturno, até porque é um daqueles que vocês não irão talvez rever tão cedo, mas ganha mais um ponto pela imaginação. A verdade é que tendo em conta o baixo orçamento tudo nesta aventura funciona mesmo muito bem.

A favor: boa história com uma ideia original muito interessante e intrigante, bons personagens, boas interpretações talvez ajudadas por o filme estar bem escrito com bons diálogos, óptima realização, deixa-nos com vontade de saber mais sobre este universo.

Contra: como produção independente indie tem inevitávelmente as limitações inerentes a este tipo de cinema de muito baixo orçamento que tenta ir para lá do que pode mostrar.

—————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER


—————————————————————————————————

IMDb
https://www.imdb.com/title/tt5153588/

MK02

MK01

——————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de:

capinha_dyatlov capinha_area-q capinha_TRIANGLE.jpg capinha_COHERENCE capinha_mandelaeffect

—————————————————————————————————

 

“The Mandela Effect” (“The Mandela Effect”) David Guy Levy (2019) USA

[“THE MANDELA EFFECT“] é outro daquelas excelentes propostas no que toca a filmes de ficção científica de baixo orçamento que me apareceram pela frente do nada nas últimas semanas.

Poster

No entanto, como vocês já sabem, neste blog a minha abordagem não é própriamente cinéfila na apreciação que faço dos filmes que gosto ou não ( pois disso está a internet cheia em tudo o que são sites sobre cinema ); e como tal desta vez para lhes explicar porque gostei tanto deste pequeno novo filme low budget que não tem mais do que 75 minutos, importa agora colocar a seguir uma introdução sobre o tema central do argumento.
Não se preocupem, pois a breve explicação a seguir é também a melhor forma de lhes revelar a história deste filme sem lhes dar qualquer spoiler do que irão ver e por isso está totalmente dentro do contexto da razão porque gostei tanto de [“THE MANDELA EFFECT“].

the-mandela-effect-movie-02 the-mandela-effect-movie-01

O EFEITO MANDELA

O “Efeito Mandela” (“Mandela Effect”) para quem não sabe ou ainda não reparou é uma daquelas coisas que surgiram há alguns anos na internet e que de certa forma está actualmente incluída na abrangente categoria de – Teoria da Conspiração – como não podia deixar de ser ; ( e como também não podia deixar de ser também habitualmente atirada para lá por aqueles que não se dão ao trabalho de saber mais sobre o tema ). Embora desta vez a coisa seja particularmente fascinante para quem estiver mais atento ao fenómeno.
Até porque já foi tópico de algumas das palestras mais interessantes da parte de físicos no terreno, totalmente mainstream que poderão encontrar em sites como o popular Ted Talks ou em conferências científicas legítimas sobre string theory pelo youtube em geral.

the-mandela-effect-movie-23 the-mandela-effect-movie-24

Há muito para descobrir sobre o fenómeno e se por acaso vocês alguma vez passarem por ele vai ser imposível deixarem de querer saber mais.
Especialmente quando ouvirem as palavras de alguns físicos contemporâneos sobre o assunto no que toca ao que poderá estar a causar desde há alguns anos, os pequenos “bugs” na nossa realidade.
Sim, há gente reputada que considera sériamente que a coisa possa mesmo estar a acontecer ( até existe uma teoria particularmente interssante para isso ) e o fenómeno está a ser atentamente acompanhado como poderão constatar em várias conferências (mainstream) sobre física quântica online. No entanto cuidado com a palha de treta pseudo-new age sobre o tema que também já inunda a web pois é esse lixo que depois acaba por dar razão aos debunkers out here.

the-mandela-effect-movie-12 the-mandela-effect-movie-17

O “Efeito Mandela” ao contrário do que possam pensar os leitores com o espírito mais “debunker” não foi um tema que teve origem em boatos de internet mas curiosamente em algumas entrevistas na rádio a físicos mainstream há alguns anos atrás quando se discutia o tema da perigosidade ou não da activação do popular Hadron Collider .
Não deixa de ser uma extraordinária coincidência ( como se faz notar em algumas palestras sobre física quântica actual ) o fenómeno ter começado a ser reportado precisamente na mesma altura em que se ligou pela primeira vez o Hadron Collider e se efectuaram as primeiras experiências que hoje estão também no rol de justificações de quem propõe a existência de múltiplas realidades paralelas dentro da física mais desbravadora de território actual.

the-mandela-effect-movie-14 the-mandela-effect-movie-28

O “Efeito Mandela” é na sua essência a súbita constatação de que algo que sempre julgamos conhecer ter sido de uma forma concreta, subitamente parece nunca ter ocorrido dessa maneira.
E antes que possam tentar justificar a ideia com o simples conceito de “falsa memória”, existem um sem número de explicações para que desta vez a coisa não seja assim tão simples. Mas, vão ter de começar a explorar o tema por vocês mesmo porque seria agora impossível detalhar mais esta ramificação aqui no blog; ( mas mais uma vez, cuidado com a palha New Age na internet).

the-mandela-effect-movie-30 the-mandela-effect-movie-29

Chama-se “Efeito Mandela” ao fenómeno pois o primeiro relato ocorreu precisamente quando muita gente percebeu que Nelson Mandela afinal não tinha morrido na prisão nos anos 80 mas acabou por ser libertado e chegar a presidente da África do Sul. Um facto histórico óbvio para “todos nós” mas menos consensual do que poderão pensar.
O que tornou essa “falsa memória” tão extraordinária na altura e a catapultou para o início deste enigma fascinante é o facto de que essa surpresa ocorreu ao mesmo tempo em milhares de pessoas em todo o mundo tendo ido em busca de uma explicação junto da comunidade científica para a confusão que sentiam nas suas recordações. De repente muitos cientistas viram-se inundados com emails a perguntar por uma opinião sobre o assunto vindos de várias partes do mundo practicamente na mesma altura e foi isso que tornou tudo isto tão interessante logo desde o início.
A àrea da física quântica teve a particularidade de ter procurado levar o fenómeno a sério desde o início; até como curiosidade , mesmo quando a física ortodoxa procurou descartar tudo como sendo falsas memórias sem sequer tentar estudar os relatos ou importar-se com as suas características, da mesma forma que costumavam tratar a àrea da String Theory como uma brincadeira que não seria para levar a sério ou não teria futuro. Sure…

the-mandela-effect-movie-18 the-mandela-effect-movie-06

Foi a própria simultâneadade do mesmo relato, da mesma surpresa para uma nova realidade que não concidia com o que muita gente “conheceu durante anos” que colocou o “Madela Effect” no mapa dos mistérios mais fascinantes dos últimos anos.
E acima de tudo foi o facto de ter sido reportada ao mesmo tempo dos quatro cantos do mundo ( sem contaminação mediática pois nem se falava do assunto em lado nenhum ) que fez com que muitos físicos prestassem atenção ao fenómeno.
Essencialmente o “Mandela Effect” é uma espécie de Dejá Vu ao contrário mas com a particularidade de ser algo simultâneo em várias pessoas ao mesmo tempo, não importa onde estejam e é isso que o torna tão fascinante neste momento.
Não é uma experiência pessoal.
Por exemplo não há casos de “Mandela Effect” em que só uma pessoa descobre que algo sempre conheceu afinal não é como pensava; aí estamos claramente no tópico das falsas memórias com certeza. O “Mandela Effect” é o Mandela Effect precisamente porque quando ocorre é simultâneo e é por isso que é tido em conta como objecto sério de estudo por parte de físicos que estão particularmente interessados no tema.

the-mandela-effect-movie-31 the-mandela-effect-movie-20

NO, I, AM YOUR FATHER !

E pronto, tudo acima foi o resumo daquilo que irão encontrar nesta fascinante pequena produção de ficção-científica low budget que conta apenas com 75 minutos mas parece que dura trés horas.
E não estou a dizer isto de forma depreciativa. Muito pelo contrário !
Há filmes em que uma meia hora nos parece um dia de tão secantes que se tornam, no entanto há outros em que essa meia hora nos parece um ano mas pela quantidade de informação que nos transmite de tal forma que o nosso cérebro nem tem tempo de assimilar tanto conceito à velocidade que o argumento do filme precisaria que o fizessemos para conseguir acompanhar a história em condições.
[“THE MANDELA EFFECT“] é um filme assim.

the-mandela-effect-movie-08 the-mandela-effect-movie-04

Como tal, por [“THE MANDELA EFFECT“] ser um filme assim é que eu comecei a minha divulgação deste título com a longa introdução que viram acima.
Para apreciarem bem [“THE MANDELA EFFECT“] enquanto proposta de ficção científica particularmente fascinante e original na minha opinião seria necessário estarem bem por dentro do tema. Se nunca tiverem ouvido falar do fenómeno , provavelmente irão ficar demasiado confusos com a estrutura do próprio filme e tudo lhes parecerá demasiado esquizofrénico.

the-mandela-effect-movie-21 the-mandela-effect-movie-16

No entanto [“THE MANDELA EFFECT“] enquanto filme faz até um muito bom trabalho na forma como introduz o tema junto daquelas audiências que nunca ouviram falar do assunto e principalmente junto daquelas pessoas que nunca atravessaram pessoalmente o fenómeno.
O argumento é totalmente baseado em alguns dos melhores enigmas presentes sobre a temática e tudo o que poderão ver em exemplos dados no filme são retirados dos mais populares enigmas.
A tal ponto, que se calhar depois de verem esta fascinante proposta de scifi, muito provavelmente vocês irão ter o vosso próprio exemplo de “Madela Effect” pessoal.
O exemplo do monopólio poderá ser uma introdução ao tema particularmente “chocante”, em especial para todos aqueles de vocês que cresceram com o jogo a partir dos anos 70 como eu cresci.

the-mandela-effect-movie-19 the-mandela-effect-movie-10

E claro, [“THE MANDELA EFFECT“] também refere um dos mais populares efeitos relacionados com Star Wars.
– “Luke… I am your father !” – Aparentemente nunca existiu.
Falsa memória ? Como já referi há muito mais por detrás do que essa simples explicação lhes poderá fornecer mas isto é algo que vocês terão de explorar por vocês mesmo embora na minha opinião este nem seja dos melhores exemplos de Efeito Mandela mas não deixa de ser um dos mais populares.
E por falar em Star Wars, esta não está no filme, mas de que que cor são as pernas do C3PO no primeiro Star Wars de 1977 ?… Se disseram , douradas… recomendo que vão confirmar o filme e se calhar irão cair para o lado. Afinal o C3PO sempre foi dourado, certo ?… Ceeeeeerto………. .. .

SCI-FI FILOSÓFICA

Como algumas boas reviews no IMDb referem se há uma boa categoria para [“THE MANDELA EFFECT“] é o da sci-fi filosófica , pois há muito que não aparecia uma história dentro do género que nos fizesse pensar tanto sobre tanta coisa no que toca à forma como vemos a nossa realidade. Pensem numa espécie de Matrix mas sem porrada ou aventura e com uma quantidade de informação legítima sobre o tema do Madela Effect que nem muitos documentários alguma vez conseguiram incluir  ; ou divulgar tão bem e de forma tão bem organizada.

the-mandela-effect-movie-09 the-mandela-effect-movie-22

E se vocês já estão confusos ou intrigados com tudo isto, [“THE MANDELA EFFECT“] enquanto filme, faz um óptimo trabalho em selecionar pequenos bocadinhos das melhores respostas da comunidade científica sobre o tema, pois incluído na estrutura da história de ficção estão inúmeros clips de muitas das entrevistas reais com físicos que eu já referi e onde eles comentam precisamente muito do que eu já mencionei atrás na minha longa introdução.

the-mandela-effect-movie-03 the-mandela-effect-movie-13

[“THE MANDELA EFFECT“] conta a história de um tipo que é programador de jogos e que um dia quando a sua filha de oito anos morre afogada num acidente na praia começa a questionar se está a enlouquecer quando a sua própria realidade apresenta diferenças entre o universo pessoal que ele conhecia e aquele em que parece estar a viver por momentos.
Procurando obter ajuda e saber mais sobre o que se passa ele mergulha no enigma do Efeito Mandela procurando perceber até que ponto a nossa própria realidade será simulada e estejamos todos a viver num enorme código fractal enquanto a nossa realidade é gerada apenas pelo poder da nossa observação.
Como alguns de vocês já notaram, só por aqui percebem que a história passa por conceitos como o Schrodinger´s Cat e a simultâneadade de estados em particulas subatómicas e portanto é melhor eu nem dizer mais nada, até para não colocar aqui nenhum – spoiler – para a história.

the-mandela-effect-movie-32 the-mandela-effect-movie-05

E se gostam de jogos como NO MAN´S SKY que funciona precisamente a partir da construção fractal e do geramento procedural de mundos “reais” para nos apresentar o seu universo, [“THE MANDELA EFFECT“] é também o filme a verem; ( o jogo aparece no filme ) , pois como já foi referido por alguns físicos , este tipo de jogo contém precisamente a base para aquilo que poderá ser a construção do nosso próprio universo e realidade que nos parece tão palpável. Uma realidade sujeita no entanto a “bugs” ocasionais provocados por falhas no código original.

the-mandela-effect-movie-36 the-mandela-effect-movie-40

THRILLER SCI-FI

E pronto meus amigos, é este o conceito base para [“THE MANDELA EFFECT“] enquanto thriller scifi. Pode ser de baixo orçamento, mas não precisava de mais para ser absolutamente fascinante e conter pelo meio até alguns visuais particularmente impressionantes.
Isto pode não ser própriamente a “review” típica que esperavam no que toca a cinema, mas sinceramente, de textos sobre cinematografia, ensaios sobre as virtudes da realização deste e daquele está a internet cheia e na minha opinião a melhor forma de lhes explicar porque recomendo vivamente mais este filme é precisamente assim. 😉

the-mandela-effect-movie-41 the-mandela-effect-movie-35

Bons personagens, óptima história que nos é apresentada de uma forma “complexamente” simples e ainda consegue trocar-nos as voltas uma vez ou duas culminando num final perfeito que se calhar deixará muita gente a pensar; particularmente quem estiver mais por dentro de jogos video ou programação em geral.
Quem nunca percebeu bem o que a ciencia quer dizer quando muita gente afirma que podemos estar a viver num universo programado , este filme é uma excelente introdução à forma como isso poderá ser possível e só por aqui o classifica como um dos sci-fi mais interessantes que poderão ver este ano.

the-mandela-effect-movie-42 the-mandela-effect-movie-37

Imaginem um “Buterfly Effect” mas com melhor informação e um estilo visual particularmente fascinante em alguns momentos.
Tem semelhanças também com “The 13th Floor” ou melhor, com “World on a Wire” que foi a primeira versão do romance que depois deu origem ao remake “The 13th Floor” e que por sua vez inspirou “Matrix” também.
E já agora se gostaram do fabuloso “CHOERENCE” , não devem perder [“THE MANDELA EFFECT“] ; embora enquanto filme “CHOERENCE” seja na minha opinião mais divertido; apenas porque [“THE MANDELA EFFECT“] contém tanta informação real documental a suportar a história que depois acaba por sofrer com isso um bocado em termos de nos proporcionar apenas um bom divertimento.

—————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

Para ser honesto, enquanto filme [“THE MANDELA EFFECT“] se calhar não vale mais que quatro Planetas Saturno, pois é vitima da sua própria ambição narrativa em termos de informação. Tenta ao máximo apresentar o maior número de detalhes reais sobre o fenómeno e a narrativa de ficção fica algo limitada e até previsível por causa disso.
Faz-nos pensar demais a todo o instante, (haha) ; e eu nunca pensei queixar-me disto num filme por aqui.
A verdade é que às vezes damos por nós a tentar pensar tanto sobre o que conhecemos da nossa própria realidade que quando notamos já o filme nos despejou mais uns quilos de informação que ainda não absorvemos e em vez de nos divertirmos “com a aventura scifi” estamos quase hipnotizados como se estivessemos a ver um documentário dramatizado.
Por outro lado, não á dúvida que é uma introdução muito bem feita ao tema do “Efeito Mandella” e se calhar só por isso merece mais um Planeta Saturno, apenas a pensar nas pessoas que nunca tinham ouvido falar sobre o fenómeno e podem ter aqui uma boa introdução ao tema.

Cinco Planetas Saturno

    

Preparem o monopólio e tenham o Star Wars à mão. 🙂
E não se esqueçam de verificar de cor sempre foi uma das pernas do C3PO também…

A favor: o conceito, o argumento, o trabalho do actor protagonista, a forma como usa tudo o que há de baralhante nas teorias da String Theory e usa clips de conferências e entrevistas com cientistas reais para nos introduzir ao fenómeno, o estilo visual em alguns momentos, o final da hitória.

Contra: contém tanta informação sobre o tema que retira um bocado o factor divertimento enquanto puro objecto de cinema, por outro lado deixa tanta coisa e tantos exemplos de Mandella Effect de fora que se calhar deveria ter tido mais de 75 minutos só para nos continuar a apresentar casos fascinantes.

—————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER ( atenção que contém Spoilers a mais e revela o filme todo (!!!) só deixando a parte mais documental para descobrirem ).
Se quiserem espreitar vejam os primeiros segundos apenas.
Não vejam todo antes de verem o filme !

—————————————————————————————————

IMDb
https://www.imdb.com/title/tt6544220/

——————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de:

capinha_dyatlov capinha_area-q capinha_TRIANGLE.jpg capinha_COHERENCE Il Mare Be With You

—————————————————————————————————