“THE BEYOND” (“THE BEYOND”) Hasraf Dulull (2017) Inglaterra

Mais um dia, mais um filme de ficção-científica extraordinário, daqueles com classificação miserável no IMDb.
[“THE BEYOND“] é fantástico.

Poster2

Curiosamente eu quando o vi pela primeira vez numa das inúmeras cópias pirata que circulam pela internet, também não lhe achei piada nenhuma. E sinceramente ainda hoje me estou a perguntar sobre o porquê daquela minha primeira reacção.
É que [“THE BEYOND“] é mesmo muito bom, muito bem feito, muito bem filmado , com uma atmosfera a puxar para o “INTERSTELLAR” em versão low budget e ainda por cima parte de vários conceitos que por si só podiam dar origem a vários filmes diferentes mas no entanto consegue levar a bom porto todas as ramificações para nos dar um daqueles finais em que ficamos com vontade de continuar a ver mais.

Poster

A sensação com que se fica é que [“THE BEYOND“] bem que poderia também ser desenvolvido para uma série de TV, pois têm aqui um excelente ponto de partida e daria uma excelente série de ficção-cientítica naqueles moldes mais sérios como “INTERSTELLAR” e “ARRIVAL“.
No entanto é mesmo verdade que eu detestei isto quando o vi pela primeira vez e quase que não consegui chegar ao fim.
Talvez porque na altura estava mesmo completamente farto deste estilo de cinema de baixo-orçamento – Found-Footage – e como tal entrei logo nisto como se estivesse a fazer um enorme frete , o que fez com que não tivesse prestado grande atenção ao que via.

THE BEYOND_01 THE BEYOND_08

Na verdade, não sei o que aconteceu e não faço mesmo a mais pequena ideia da razão porque detestei [“THE BEYOND“] inicialmente.
Pelas reviews que estão no IMDb e espalhadas em comentários pelo Youtube se calhar o que aconteceu com muita gente que só deu mesmo uma única oportunidade a isto terá sido o que me aconteceu a mim inicialmente também…
Vi-o agora em Bluray, pois incrivelmente , eu acabei por o comprar no Natal passado.
Tenho por tradição comprar um monte de cinema scifi independente e de baixo orçamento no Natal e [“THE BEYOND“] veio parar ao meu cesto de compras na amazon Alemã porque essencialmente estava em promoção na altura e nem custava 5€uros sequer.
Bendita promoção. Neste momento por acaso, o filme já se encontra esgotado em todas as amazon, excepto na amazon.com ( mas bloqueado à região A norte americana )… Pode ser que o reeditem por cá em breve.

THE BEYOND_19 THE BEYOND_22

BEYOND QUALQUER CÓPIA PIRATA

Da segunda fez que vi [“THE BEYOND“] , já em Bluray e não na minha antiga cópia pirata adorei. Não consegui descolar do filme do primeiro ao último minuto e quando acabou ainda fiquei com vontade de ver mais.
Só uma nota para aquele pessoal que acha que não vale a pena comprar os filmes de que gostamos em Bluray para guardar quando podemos sacar cópias de bluray-rip a 1080p…trust me, não é a mesma coisa e eu tive a prova. Ver [“THE BEYOND“] em Bluray dá-lhe uma vida completamente nova, pois digam o que disserem mas aquele bocadinho de definição extra que só se encontra num produto original faz toda a diferença. Especialmente num filme carregado de pormenores visuais que ganham vida nova quando apresentados no melhor da alta definição e não apenas num rip-pirata sacado na internet.

THE BEYOND_07 THE BEYOND_10

A qualidade de imagem é excelente, a própria fotografia do filme é mesmo muito boa e o som é do melhor. Vejam-no com headphones como eu o vi agora ; ( se calhar é esse o truque para começar a curtir este título , pois [“THE BEYOND“] é mesmo um daqueles filmes cujo a atmosfera scifi para ficar completa depende mesmo muito da combinação som/imagem e a parte do som foi também o que faltou em qualidade quando o vi na minha cópia sacada de um torrent antes.

THE BEYOND_12 THE BEYOND_13

[“THE BEYOND“] é pura ficção-científica. E mais uma vez, volto a dizer se calhar não será coincidência estarmos de novo na presença de mais outro título do cinema Europeu e não de mais outro blockbuster de Hollywood. Algo que parece ter contribuído também para muitos dos comentários do público no IMDb, pois se calhar muita gente esperava uma espécie de Transformers ou algo assim visto que [“THE BEYOND“] também envolve “robots” gigantes – “tripulados” – por seres humanos… mas não da maneira que muita gente se calhar estava à espera.

THE BEYOND_06 THE BEYOND_03

THE INTERSTELLAR ARRIVAL

Quando uma estranha anómalia no espaço é detectada, a ciência conclui que estaremos na presença de um primeiro contacto com uma civilização extra-terrestre, isto porque na mesma altura aparecem nos céus de todo o mundo uma verdadeira invasão de objectos que aparentam estar apenas ali; à espera. Quem são ? Porque vieram ?
Com isto entramos em território familiar já explorado em “ARRIVAL“. Se são o tipo de público que gostou desse excelente filme de ficção-científica então irão adorar [“THE BEYOND“].

THE BEYOND_09 THE BEYOND_14

Para que a humanidade consiga viajar através desse – worm hole – ou provável – stargate – e obter respostas àquilo que parece ser um convite, a única forma é se os primeiros voluntários se submeterem a um processo que mistura o corpo humano com tecnologia, sabendo de antemão que nunca mais poderão voltar a ser humanos mas que ao mesmo tempo se tornarão quase super-herois em termos do poder que poderão alcançar. É essa a única forma do ser humano conseguir sobreviver à viagem e como tal logo muitos voluntários começam a surgir com o propósito de se tornarem no primeiro ser humano a entrar em contacto com uma raça extra-terrestre. E aqui passamos à parte que se assemelha a “INTERSTELLAR” mas numa versão cyborg.
Portanto, se gostaram de ARRIVAL e acham que ficaria bem com uma pitada de “INTERSTELLAR” , não hesitem em espreitar este pequeno grande filme que conta com pouco mais de 80 minutos mas também parece muito maior no melhor dos sentidos.

THE BEYOND_21 THE BEYOND_17

THE NEWS

Como já referi, [“THE BEYOND“] não é um filme “normal”. Imaginem um documentário e é isto que irão ver neste filme pois não está filmado com uma narrativa clássica tradicional mas sim como se estivessemos mesmo a ver imagens recolhidas no local, clips de arquivo, etc. Talvez tenha sido por isto que não me cativou da primeira vez e tanta gente também ataque o filme online.
[“THE BEYOND“] é essencialmente um falso documentário e é assim que têm que partir para ele. Esqueçam todas as convenções de cinéfilia, deixem-se levar por este falso universo e garanto-vos que ficarão agarrados.

THE BEYOND_16 THE BEYOND_15

THE FINAL FRONTIER

[“THE BEYOND“] é sobre isto, a fronteira final. Não apenas no que toca ao que nos espera no universo mas também sobre aquilo em que a humanidade se precisa tornar para que um dia consiga mesmo viajar no espaço, isto porque o facto de vivermos e estarmos biológicamente adaptados apenas a este planeta é no fundo aquilo que impede que exploremos mais longe e torne tão dificil a humanidade abandonar o seu berço neste sistema solar.
O filme explora imensas questões, vocês vão ficando a gostar dos “personagens” e depois ainda que brevemente ainda evolui para um daqueles títulos de ficção científica que são ideais para todos aqueles que procuram histórias sobre exploração e primeiros contactos.

THE BEYOND_02 THE BEYOND_04

O design do filme é fantástico a todos os níveis, os sets ou localizções reais são perfeitas e os efeitos especiais são surpreendentemente bons e perfeitamente capazes de so fazer esquecer que estão a ver um filme independente Europeu Inglés e não um blockbuster Norte Americano.
Leva logo também pontos adicionais pelo seu final. Embora muito breve para grande pena minha ( pois queria mesmo saber mais sobre o que poderá acontecer a seguir ) , a verdade é que pelo menos no caso de [“THE BEYOND“] , o espectador pode ficar descansado. [“THE BEYOND“] não é outro daqueles títulos “found-footage” que leva o tempo todo a criar mistério com coisa nenhuma e depois chega ao fim e deixa-nos pendurados com fins inconclusivos.

THE BEYOND_05 THE BEYOND_11

[“THE BEYOND“] tem um óptimo final aberto. Responde a tudo o que constroi em termos de suspense e mistério ao longo da sua narrativa de falso documentário e só fica incompleto em termos de história porque como disse, isto seria na boa o início de uma série de televisão scifi com muito boas ideias e com muito para desenvolver a partir daqui. Não me admirava nada que um destes dias ainda aparecesse algo baseado neste filme.

——————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

Dêem uma oportunidade a [“THE BEYOND“]. Se calhar… dêem uma segunda oportunidade até. Entrem nisto logo à espera de ver algo num estilo documentário e não esperem “um filme”. Se o fizerem e partirem para [“THE BEYOND“] apenas procurando por uma boa história de ficção-científica sobre exploração espacial e primeiro contacto com extraterrestres não tenho dúvidas de que irão gostar mesmo muito disto tal qual eu gosto deste filme agora. Aliás , este é um daqueles títulos que insiste em não me sair da cabeça. Se calhar porque há actualmente tão pouca ficção-científica saída de Hollywood digna desse nome que o facto desta estar cada vez mais a ser produzida independentemente na Europa ainda torna todos estes títulos mais fascinantes.
[“THE BEYOND“] é certamente um deles.

Cinco Planetas Saturno

   

Não ganha um Gold Award… porque apesar de tudo, cinemáticamente falando, isto é um documentário e não é  própriamente “um filme”. O – found footage – embora bem usado acaba por remeter este scifi para um nicho que o limita um bocado enquanto obra para cinema.

A favor: a história, o conceito, o mistério do que está para lá do portal, o design, o som, a fotografia, as interpretações, a realização, o final da história. Deixa-nos com vontade de saber mais.

Contra: o estilo found-footage limita-o bastante naquilo que poderia ter sido embora se compreenda que este tenha sido o formato certo até para se poupar algum dinheiro na produção certamente. Deixa-nos com vontade de saber mais.

—————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER

—————————————————————————————————

IMDb
https://www.imdb.com/title/tt5723416/

—————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de :

capinha_moontrap capinha_MOON 44.jpg capinha_solaris capinha_cargo capinha_CHILDHOODS-END.jpg capinha_2010.jpg

——————————————————————————————————

 

 

GARGO ( CARGO ) Ivan Engler/Ralph Etter (2009) Suiça

O meu romance favorito de todos os tempos dentro da ficção-científica é Rendez-Vouz-With-Rama com as suas três sequelas da autoria de Arthur C.Clarke e aguardo há muito uma adaptação cinematográfica nem que seja do primeiro livro. Mas bem feita.
Por mim se esta viesse a ser realizada pelos criadores deste pequeno grande filme Suiço intitulado [“CARGO”] eu não ficaria nada preocupado com o resultado.

cargo02

[“CARGO”] não tem nada a ver com a saga RAMA, mas tem uma atmosfera misteriosa de alta tecnologia que remete totalmente para o ambiente das novelas de Arthur Clarke e Gentry Lee. Os cenários da nave espacial protagonistas de [“CARGO”] com os seus corredores de tamanho épico e misteriosamente mal iluminados não ficaria de todo destoada numa adaptação cinematográfica de Rendez-Vouz-Com-Rama.

cargo03

Durante o filme todo parecia que esperava ver surgir ao virar de uma esquina os personagens dos livros de Clarke mesmo tendo consciência de que a história de [“CARGO”] nada fosse beber ao conceito de Rama. No entanto se visse um -octospider- ou um -avian- surgir neste filme não me admirava nada.
[“CARGO”] pode ter algumas fraquezas mas em atmosfera é das melhores coisas de ficção-científica que surgiram nos últimos anos e algo em que ninguém obviamente reparou pois como não é um filme americano nunca foi distribuído nos cinemas.
Para começar é ficção-científica adulta, coisa rara hoje em dia, onde a FC parece estar transformada em histórias de pseudo-rebeldia adolescente todas clonadas com o objectivo de estrear uma por semana como sendo filme da moda e onde as rapariguinhas se apaixonam muito por jovens rebeldes ou vice versa enquanto lutam contra o estado fascista clonado por Hollywood nessa semana.

cargo04

Não é por acaso que [“CARGO”] no mundo das reviews online captou a atenção de muita gente por parecer um filme mais caro do que é na realidade.
É uma pequena produção independente filmada na Suíça, falada em Alemão e com um elenco desconhecido do grande público generalista, mas não se nota nada que isto custou menos de 5 milhões de dólares.
Numa altura em que uma produção mediana em Hollywood gasta pelo menos 100 milhões com resultados às vezes bem duvidosos, aparecer uma obra como [“CARGO”] é uma verdadeira lufada de ar fresco dentro da FC cinematográfica.

cargo05b_950x

Ao olharmos para o ambiente deste filme ninguém diria que foi uma produção de baixo orçamento. Os cenários são excelentes, muito variados e por vezes épicos em ambiente e os efeitos especiais digitais são tão bons de uma forma geral que em muitos momentos fazem-nos esquecer que são CGI, o que é raro hoje em dia.
O design do filme é fabuloso, muito bem conseguido, muito variado e [“CARGO”] conta ainda com uma fotografia que complementa perfeitamente todo o conjunto.

cargo-39 cargo12

Uma nota também para o design-de-som, muitas vezes esquecido nestas coisas mas que aqui merece também nota alta, pois não só a banda sonora tem muita atmosfera como todo o som do filme é totalmente determinante para ampliar o ambiente deste mundo de FC na nossa imaginação e criar a sensação de que este universo é maior e mais pormenorizado do que na realidade é.

cargo18 cargo10

[“CARGO”] conta uma história de mistério passada num futuro talvez mais próximo do que pensamos; quando a Terra está completamente esgotada em termos de recursos naturais e toda a humanidade se prepara para abandonar definitivamente o planeta. Mas uma emigração desta escala não é para todos.
Os ricos que podem pagar a passagem mudaram-se para um planeta recentemente descoberto chamado RHEA enquanto que os pobres que ficaram para trás vivem em condições miseráveis nas estações espaciais gigantes superlotadas  que permaneceram em órbita do nosso planeta enquanto a superfície se degrada cada vez mais.

cargo22 cargo15

O único objectivo daqueles que ainda conseguem ter um emprego, é juntar dinheiro suficiente para comprar um bilhete só de ida para também um dia irem viver em RHEA. [“CARGO”] conta a história de uma jovem que embarca numa nave que se dirige numa missão de transporte de carga que irá durar 8 anos, mas que lhe renderá dinheiro suficiente para conseguir juntar o dinheiro que lhe falta e juntar-se à sua irmã que desde há alguns anos já conseguiu emigrar para o novo planeta, correspondendo-se as duas apenas por video-mails desde que a primeira partiu para o novo mundo deixando a sua irmã mais nova para trás.

cargo09 cargo28

Acontece que naquela enorme nave transportadora, alguma coisa embarcou também à partida, algo que começa a assassinar a tripulação sem qualquer critério quando esta é acordada depois da pessoa que ficou a monitorizar o primeiro turno da viagem suspeitar que se calhar algo de errado se passa.
Afinal a missão de transporte poderá ter sido drasticamente alterada e se calhar a carga que eles transportam na realidade não é a que pensavam estar a transportar. Por uma razão muito especial…

cargo20 cargo27

[“CARGO”] com uma descrição destas irá parecer imediatamente a toda a gente, ser mais um clone de ALIEN ou algo semelhante que já vimos mil vezes.
Na verdade quando vocês virem o trailer do filme é precisamente essa a ideia que este passa. Por causa disso muito utilizador do IMDb ficou um bocado frustrado quando esperava um thriller espacial nos moldes de Alien , ou pelo menos um filme de terror no espaço ou algo semelhante e no final deparou-se com um filme completamente diferente.
ELYSIUM também não será o remake americano disto caso estejam já a pensar nisso.

cargo21 cargo19

[“CARGO”] não é um filme de terror, não é um clone do Alien e muito menos é o thriller de acção ou suspense que parece ser no trailer. Também não pretende ser o Event Horizon 2, de todo. Nada a ver.
[“CARGO”] quanto muito é um filme policial no espaço. Uma espécie de episódio do Poirot passado por entre as estrelas e com um cheirinho a 2010 em termos de estilo cinematográfico.
Poderá ser um thriller de suspanse e todo o desenvolvimento da história culmina num par de sequências espaciais fantásticas que nos fazem esquecer por completo que isto é uma produção de baixo orçamento, mas não é o tipo de thriller de acção e aventura que foi publicitado.
O trailer de [“CARGO”] é um verdadeiro exemplo do poder da montagem no cinema e da forma como se pode alterar por completo o estilo de um filme apenas pelo poder da imagem.

cargo14 cargo24

O que não quer dizer que tudo isto torne [“CARGO”] um mau filme. Muito pelo contrário. O tipo de história que conta, ao descolar-se por completo daquilo que parecia ser, dá-lhe uma identidade única dentro da FC cinematográfica dos últimos anos. Talvez a coisa mais próxima disto seja mesmo 2010 ou até OUTLAND talvez se bem que também são um tipo de história diferente.
[“CARGO”] é realmente único. Não só conta um tipo de história que parece não pertencer a algo com um visual tão épico à partida como consegue manter bastante ambiente mesmo quando toda a gente já percebeu qual é o mistério da história.

cargo13 cargo-33

E este é talvez o seu único grande senão. O mistério da história é tão óbvio logo à partida que é uma pena o argumento não se ter esforçado por nos dar algo mais original que estivesse mesmo em sintonia com todo o esforço que foi notoriamente feito para tornar [“CARGO”] num FC especial e único.
Se há algo que destoa é o seu final. Não por ser mau, mas por ser óbvio e além de óbvio ainda por cima não é nada original. Qualquer fã de ficção-científica cinematográfica ou literária vai adivinhar o desenlace deste filme a milhas. A anos-luz !

cargo17 cargo-37

E é pena. O espectador a partir de certa altura, está sempre à frente dos personagens e isso contribui para nos colocar um bocado à parte do bom ambiente que todo o filme tinha tido até esse momento.
Por outro lado [“CARGO”] é um FC tão sólido cinematográficamente falando que apesar da história passar de misteriosa a totalmente evidente, nem por isso o filme deixa de ser fascinante. Isto porque compensa visualmente a todos os níveis.

cargo16 cargo-34

Na verdade quando eu vi o filme pela primeira vez, este foi mais outro daqueles que eu tinha gostado mas que não me tinha cativado totalmente, talvez por causa do mistério ser fraquinho. Uma das coisas que não me cativou também foram os personagens. Criam muito pouca empatia com o espectador mas isso se calhar ajuda no fundo a criar um clima mais gélido que só fica bem neste tipo de história, quem sabe. Se calhar é uma coisa boa.
Mas a verdade é que [“CARGO”] não tem personagens particularmente cativantes ou interessantes. Os tripulantes da nave são genéricos e estão no filme para irem morrendo como de costume e os protagonistas também não primam pela empatia. Talvez por isto ser um filme só com actores alemães e austríacos e daí toda aquela sensação de antipatia ou frieza que caracteriza o temperamento alemão de uma perspectiva mediterrânea se calhar. Posso estar errado.

cargo26 cargo25

Por outro lado nunca me consegui esquecer do filme e fiquei com vontade de o rever.
Encontrei o Bluray na Amazon UK super barato alguns natais atrás e foi uma das melhores compras de filmes FC dos últimos tempos. O bluray não tem extras mas tem uma qualidade de imagem e de som absolutamente fantásticas. Mil vezes superior à copia pirata que eu tinha visto inicialmente e que provavelmente seria um rip de dvd. O facto em que tal como me aconteceu com Blade Runner em bluray , parece que estamos a ver um filme novo onde se encontram pormenores que nunca tínhamos notado antes e portanto se vocês espreitarem [“CARGO”] e gostarem do filme a ponto de o comprarem o bluray é definitivamente a melhor opção. Ainda por cima costuma estar barato. O meu custou menos de 3 libras na altura do natal.

cargo06 cargo-36

Pessoalmente apesar das suas “falhas” quanto a mim este é um dos melhores filmes de FC obscuros que poderão encontrar ainda no mercado e como tal recomendo-o totalmente a quem procura um título diferente do habitual.
É perfeito para quem costuma dizer que está farto de ver sempre a mesma treta saída de Hollywood mas no entanto não sabe onde procurar alternativas.
Visualmente este filme não fica nada a dever a qualquer mega-produção americana. Aliás Hollywood devia tomar notas aqui de como se produz realmente FC a sério.

cargo11 cargo-35

[“CARGO”] tem sempre algo na manga de novo para nos mostrar. Seja em termos de cenários, seja quando nos mostra paisagens espaciais imensas de cortar a respiração quando se aproxima do seu final. Visualmente este é um daqueles filmes que vai evoluindo e tem sempre algo novo para manter o espectador agarrado ao que se passa. Tivesse isto tido um final mais imaginativo ou original e seria uma verdadeira obra prima. Na verdade para mim já o é, apesar das suas fraquezas aquilo que faz bem, faz extraordinariamente bem.

cargo01

—————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

E com um orçamento destes, um filme que consegue ter um ambiente visual e uns valores de produção assim, para mim é um verdadeiro milagre e a demonstração perfeita de que o cinema de ficção-científica não precisa de orçamentos monstruosos ao nível de Hollywood; o que o cinema de FC precisa apenas é de imaginação e criatividade em termos de produção. Nesse aspecto [“CARGO”] está muito bem servido e mesmo com o argumento fraquinho em termos de mistério , recomenda-se vivamente.

cargo23 cargo-32

Pode não ser para todos, mas é definitivamente um dos meus filmes favoritos de FC dos últimos anos ( até mesmo de sempre na verdade ) e outro daqueles títulos que me apetece estar sempre a rever, nem que seja para mergulhar naquela atmosfera; tal como me apetece sempre rever Blade Runner para voltar a experiênciar um mundo único. Aplica-se o mesmo princípio a [“CARGO”] na minha opinião.

Cinco planetas Saturno e um Gold Award, porque sim.

     

A favor: Ambiente, cenários, banda sonora, sound-design, fotografia, efeitos especiais e concept design em geral,  parece um filme bem mais caro do que foi, o final tem pilhas de atmosfera mesmo apesar da surpresa na história ser fraquinha. Tem um certo sabor ao melhor de OUTLAND ou 2010 e só lhe fica bem. E claro tem uma pitada de Blade Runner que até está muito bem conseguida e não é toda a gente que consegue reproduzir o estilo de Riddley Scott sem o imitar.

Contra: a partir de certa altura a solução do mistério é tão evidente que se torna frustrante ver que só os personagens ainda não perceberam o que se passa. Os personagens não são muito interessantes e até são bastante frios criando muito pouca empatia com o espectador ( talvez por ser um filme falado em alemão com actores alemães e austríacos )…
Hmmm…isto é patrocinado pela (seita da) Remax ?!… Está um anuncio numa das estações espaciais logo no genérico…só falta a carinha de um past…vendedor num cartaz também…

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER

—————————————————————————————————————

COMPRAR EM BLURAY

Actualmente encontram-no na sua versão 2D ; edição UK sem qualquer extra aqui:
https://www.amazon.co.uk/gp/product/B003LKK9V6/ref=as_li_tl?ie=UTF8&camp=1634&creative=6738&creativeASIN=B003LKK9V6&linkCode=as2&tag=cinaosolnas-21

cargo29

DVD
Em dvd UK na mesma versão simples sem extras:
https://www.amazon.co.uk/gp/product/B003LKK9UW/ref=as_li_tl?ie=UTF8&camp=1634&creative=6738&creativeASIN=B003LKK9UW&linkCode=as2&tag=cinaosolnas-21

cargo29-dvd

Ou AINDA EM BLURAY na excelente edição “especial” ALEMÃ com um monte de extras do melhor se por acaso sempre tiveram curiosidade de saber mais sobre esta produção de baixo orçamento.

Bluray-CARGO3D_02.png

Cliquem na imagem abaixo para saber mais sobre esta edição especial alemã.

BLURAYDESTAQUE.jpg

——————————————————————————————————

IMDB
http://www.imdb.com/title/tt0381940/

——————————————————————————————————

Se gostou deste poderá gostar de:

capinha_natural-city capinha_solaris capinha_LOCKOUT.jpg capinha_creature capinha_moontrap capinha_pandorum capinha_last_days_on_mars

——————————————————————————————————