“DRAGON NEST” (“Dragon Nest: Warriors’ Dawn”) Yuefeng Song (2014) China

Se espreitarem a minha review para [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] no IMDb, hão de notar que lhe atribuí a incrível classificação máxima de 10 estrelas.
Muita gente pensará que fiquei maluco, pois o que não faltam por aí são animações muito superiores tecnicamente ou no que quer que seja. Como raio me atrevi a dar uma nota tão alta a este filme no Imdb quando nem sequer aqui lhe irei atribuir a nota máxima ?
Bem, é tudo uma questão de contexto.
Passo a explicar.

FinalPoster

[“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] quando comparado com o que de melhor se faz com muito dinheiro, se calhar não vale mesmo uma classificação tão alta.
A mim surpreendeu-me precisamente porque [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] não sendo uma produção de orçamento milionário atinge mesmo assim alguns patamares de qualidade ao longo de toda a narrativa; patamares esses, que se calhar nem precisaria de atingir se o objectivo fosse apenas o de criar um desenho animado para vender aos putos em dvd mais tarde.

dragon nest24 dragon nest29

Não só este filme consegue ter momentos de grande adrenalina como consegue o impossível de contar uma história com personagens interessantes de acompanhar, sem se desviar um milímetro do típico cliché Dungeons & Dragons que já vimos mil vezes e que normalmente é logo garantia de que o resultado será um lixo.
Surpreendentemente não desta vez !
O que na minha opinião, torna [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] num excelente exemplo de como se calhar pode haver bons resultados até mesmo com uma história já vista mil vezes.

dragon nest16 Dragon Nest-12

Está tudo na execução; principalmente na realização e este caso é particularmente interessante, pois a ultima coisa que eu esperava quando comecei a ver isto é que uma animação de segunda linha com um argumento já mil vezes batido e ainda por cima baseado num videogame fosse alguma coisa de jeito. E muito menos fosse apelativo para adultos.

dragon nest26 Dragon Nest-03

MMORPG

Sim para quem não sabe, [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] é baseado num popular mmorpg chinês chamado precisamente “Dragon Nest” e que eu próprio joguei algumas vezes online durante algum tempo. Não costumo ter tempo ou paciencia para videogames online (e detesto jogar em computador), mas este “Dragon Nest” cativou-me pelo aspecto gráfico, pois desde o início sempre criou um mundo de fantasia bastante baseado num estilo de desenho animado que me atrai particularmente enquanto ilustrador.

Dragon Nest-18 Dragon Nest-21

Foi precisamente esse mesmo estilo visual a fazer lembrar um livro de contos ilustrados, que me fez ir espreitar o filme quando descobri que existia. Isso e o facto de ser uma produção de animação chinesa.
Apesar de também contar com capital americano, a execução é essencialmente made-in-china e logo isso deu a [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] um estilo diferente daquilo que estamos habituados a ver no típico cinema de animação ocidental ou saído de hollywood.

dragon nest15 Dragon Nest-11

Numa altura em que a maioria das produções de fantasia, particularmente em desenho animado segue sempre a mesma história já vista milhares de vezes, na verdade eu não esperava grande coisa quando comecei a ver o filme, mas logo desde os primeiros minutos houve algo que notei de especial nele.
O que me chamou a atenção foi precisamente o facto de [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] ser um filme de acção intensa e totalmente non-stop desde o inicio. Normalmente isto é logo sinónimo de grande seca e repetição constante, mas desta vez o que achei extraordinário logo desde os primeiros minutos é que a acção não estava lá apenas para impressionar mas serviu principalmente como veículo narrativo para contar a história. E isso é muito dificil de se fazer. Mais ainda é haver verdadeiro desenvolvimento de personagens enquanto as cenas de porrada mais caóticas acontecem no ecran.

Dragon Nest-07 Dragon Nest-08

A STORYBOOK STORY

Resumindo, logo desde o início [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] surpreendentemente não me pareceu de todo um filme vazio, destinado apenas a entreter as crianças.
Havia aqui algo muito interessante para agarrar o adulto que gostasse de cinema e principalmente o adulto que se interessar por ilustração pois o conteúdo visual desta história é particularmente fascinante pelo seu estilo storybook ao longo de toda a aventura.

dragon nest17 Dragon Nest-04

É verdade que a história deste filme é tudo menos original, os personagens são todos sem excepção apenas o típico cliché do D&D ou dos jogos de MMORPG, mas surpreendentemente funcionam muito bem desta vez pois quem dirigiu isto sabe perfeitamente como tirar partido daquilo que parece banal a uma primeira visão.
É quase como se esta animação tivesse sido realizada por um bom director de actores que percebe que a magia não está apenas nos efeitos ou nas cenas de aventura mas principalmente nos personagens.
Surpreendentemente [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] contém personagens com grande carísma e era a última coisa que eu esperava.

dragon nest31 dragon nest06

Cada uma das suas personalidade cliché está muito bem integrada na narrativa central e cada desenvolvimento de personagem marca um ponto importante na história, serve como reviravolta ou apresenta uma revelação importante. Se isto não tivesse sido assim, um filme como este teria sido uma seca infantil descomunal, pois de certeza que teriam apresentado os poderes da cada personagem, apresentavam a missão e depois o resto seria uma sucessão de cenas de porrada estilo D&D intermináveis até ao confronto final com o vilão do costumo e pronto, the end.
Não em [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”].

dragon nest04 dragon nest20

A ACÇÃO CONTA A HISTÓRIA

Em [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] as cenas de acção são a cola que une toda a estrutura da história. Não só funciona, como  vão evoluindo até se tornarem absolutamente extraordinárias pela adrenalina que conseguem transmitir, especialmente nas cenas de grande batalha. Todas as cenas de acção são diferentes, muito imaginativas em termos de coreografia e acima de tudo muito bem realizadas; tudo ajudado por uma montagem excelente que se calhar passa despercebida.

Dragon Nest-14 Dragon Nest-20

Pode-se dizer que [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] é um verdadeiro filme de acção e muito cinema live-action deveria aprender aqui como se usam cenas de porrada pura e dura para fazer avançar uma história sem precisar de ser uma parvalheira sem qualquer conteúdo ao pior estilo Michael Bay por exemplo.
Tomara muito cinema de Hollywood saber usar a acção como esta quase anónima produção de médio orçamento chinesa o sabe fazer.
Nenhum fotograma se perde e tudo tem um propósito na narrativa da aventura mais estereotipada que vocês alguma vez poderão ver tão bem estruturada.

dragon nest03 Dragon Nest-06

Isto é um filme muito bem planeado meus amigos.
Pode parecer apenas mais outro filme para criancinhas mas [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] é realmente um produto comercial muito bem realizado.
A última coisa que eu esperaria de um filme animado obscuro baseado num videogame que nem sequer é particularmente popular por estas bandas.
Foi um dos melhores filmes de acção que vi no ano passado e não estava nada à espera disto.
Na verdade já ando para recomendar esta aventura há muitos meses por aqui, mas queria voltar a ver o filme para ter a certeza que não tinha imaginado coisas.
Desde lá já o revi quatro vezes e continua a divertir-me plenamente com as suas qualidades. Sendo assim estava na altura de o recomendar por cá.

dragon nest18 Dragon Nest-15

Em [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] todos os personagens criam uma empatia com o espectador e realmente nos importamos com eles em todas as cenas de batalha em que se envolvem pois nada nos garante que não morram a seguir e isso foi uma das coisas que mais gostei nesta produção animada. Ainda estou a tentar perceber como os criadores desta animação que mal tem 80 minutos conseguiram encontrar forma de dotar os bonecos com tanta vida. Especialmente quando em pelo menos 85% do filme temos cenas de acção e aventura carregadas de adrenalina e humor.
À primeira vista não haveria espaço para desenvolvimento de personagens no sentido mais tradicional, onde normalmente a acção pára para que aconteçam momentos de exposição e no entanto não é pelos personagens que este filme iria afundar. Quem filmou isto sabe como contar uma história.

dragon nest12 Dragon Nest-10

CINEMA ORIENTAL NO SEU MELHOR

[“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] é mais um bom exemplo de como o cinema oriental sabe criar personagens realmente humanos que criam verdadeira empatia com o espectador e contam com um carisma absolutamente natural até quando não passam de bonecos animados como é o caso. O cinema oriental mostra bem como se criam personagens com que nos importamos, até mesmo quando estes são um dragão que mal tem um par de linhas de diálogo para dizer.

dragon nest32 Dragon Nest-16

No seu todo, acho que [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] é um excelente filme de fantasia. Não tem um pingo de originalidade no que toca ao conceito ou a sua história, mas o que faz, faz mesmo muito bem e a sua originalidade está em conseguir fazer tudo resultar de uma forma que nos diverte e surpreende pela qualidade que foi aqui atingida mesmo quando tudo parece não passar de mais um daqueles desenhos animados destinados aos dvds de promoção no fundo das prateleiras em supermercados.
[“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] devia ser um versadeiro case study de como se cria cinema de acção com alma independentemente de ser animação ou não.

dragon nest28 Dragon Nest-02

Os personagens são variados, os ambientes são perfeitos e apesar de não ter muita variedade ou mostrar um mundo muito grande, ainda conta com um par de boas paisagens de fantasia que ficam no olho e na memória pois em termos de design [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] soube ir buscar o melhor do estilo visual do jogo e expandir os melhores elementos o melhor que o seu orçamento o permitiu certamente.
No entanto em termos de geografia, sente-se alguma limitação, isto porque o seu mundo de fantasia parece muito bonito mas na maioria das vezes sentimos que estamos apenas a ver alguns vislumbres de um universo mais vasto que merecia ter sido mostrado e nunca nos é aberto como deveria ou merecia ter sido. Restrições de orçamento certamente.
De qualquer forma, eu adorei.
Só há uma coisa neste filme que eu detestei.
O final abrupto.

dragon nest14 Dragon Nest-05

WTF ?!

Estava a divertir-me à brava com isto, esperando por um epílogo final realmente impactante que tivesse a ver com todo o tom do filme quando de repente…ACABOU !
[“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] acaba de uma forma tão repentina que sinceramente pensei que isto seria o primeiro episódio de uma série televisiva qualquer.
Soube agora ao preparar-me para esta review, que já existe uma sequela, pois o filme parece ter sido um sucesso lá pela China. Óptimo !
Review da sequela para breve.

dragon nest22 dragon nest23

Muito provavelmente se procurarem por este filme irão apenas a versão dobrada em Inglés quando o seu original é em Mandarim. Na verdade a versão inglesa não me chateou particularmente. É diferente da original, mas ambas têm os seus pontos altos e baixos e ambas funcionam melhor numas alturas do filme do que outras. Neste caso será portanto uma questão de escolha. Se encontrarem a versão chinesa original , óptimo; se virem apenas a versão dobrada em inglés também não será por aí que deixarão de apreciar este pequeno filme que provavelmente passou ao lado de muita gente.
Até porque lembrem-se , [“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] é uma produção chinesa e não é anime japonês.

Dragon Nest-19 Dragon Nest-17

Embora contenha óbvias influências de vários sítios , o facto deste filme não ser nem japonês nem americano, faz com que tenha um estilo diferente daquele que estamos habituados a ver e quanto a mim isso é excelente.

——————————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO:

[“Dragon Nest: Warriors´Dawn”] é um excelente filme de fantasia para quem procura cinema do género, independentemente de ser desenho animado ou não e independentemente de ter a história menos imaginativa de todos os tempos.
Consegue superar tudo isso para nos dar uma aventura de animação que não irá aborrecer os adultos de morte (se se interessarem por fantasia) e ao mesmo tempo irá agradar às crianças.

Cinco Planetas Saturno

  

Tudo o que faz, faz muito bem e não precisava de o ter feito para ser um produto comercial rentável. Dizem que a sequela já não tem a mesma magia… a ver vamos… 😉

A favor: usa a acção para criar desenvolvimento de personagens e fazer avançar a história, os personagens são excelentes e criam grande empatia com o espectador, a história parece básica como o raio mas contém bons momentos de humor (até para adultos) que a fazem destacar-se da comum banalidade que encontramos neste tipo de aventura para crianças.
Boa animação (num estilo diferente), adoro o estilo gráfico e a cor, bons cenários, aventura divertida e um filme muito boa onda em todos os aspectos.

Contra: acaba de repente, algumas pessoas no IMDb parecem não perceber que animação de qualidade não tem que ser sempre igual ao que a Pixar faz e não há mal nenhum por o estilo visual de um filme se parecer com o que existe no video game original. Se para vocês o bom cinema não pode passar sem uma história original esqueçam este pois não tem um pingo de originalidade no seu argumento. Sente-se que o mundo de fantasia poderia ter sido mais mostrado no ecrã e no entanto as paisagens grandiosas são sempre algo limitadas talvez devido à falta de orçamento para criar mais detalhes para este mundo.

—————————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS:

TRAILER

—————————————————————————————————————

IMDb
http://www.imdb.com/title/tt2911342

—————————————————————————————————————

Comprar em Bluray 2 em 1 na Alemanha numa edição com os dois filmes.
Legendas em Inglés.

https://www.amazon.de/gp/product/B077Y829QZ/ref=ox_sc_act_title_2?smid=A3JWKAKR8XB7XF&psc=1

Comprar em Bluray só este primeiro filme com legendas em Inglés.
https://www.amazon.de/Dragon-Nest-Chroniken-Altera-Blu-ray/dp/B0711YBYG2/ref=pd_bxgy_74_img_2/261-1780846-5221111?_encoding=UTF8&pd_rd_i=B0711YBYG2&pd_rd_r=144ca7aa-3947-11e9-bff0-f5df5dbf7aa4&pd_rd_w=Q1zSk&pd_rd_wg=uvIf2&pf_rd_p=1ee75a10-e7c2-423a-9362-8396fcd2b687&pf_rd_r=7E3D198765D1KVPGB1DV&psc=1&refRID=7E3D198765D1KVPGB1DV

——————————————————————————————————————

Se gostou deste filme vai gostar certamente de:

capinha_KIKI capinha_TOTORO capinha_conan.jpg capinha_5-cm-per-second

——————————————————————————————————

 

Anúncios

“WHAT WE DO IN THE SHADOWS” (“O QUE FAZEMOS NAS SOMBRAS”) Jemaine Clement, Taika Waititi (2014) Nova Zelândia

Levei anos a cruzar-me com este título em artigos, reviews e tudo o mais que me começou a aparecer pela frente a partir de uma determinada altura, mas no entanto sempre o fui deixando para trás, talvez porque o estilo falso documentário não me atraía particularmente quando este filme saiu. Já estava farto de found-footages e como tal acabei por esquecer que [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] existia até alguns atrás o ter encontrado à venda numa daquelas promoções recentes em DVD que não consegui resistir.
E ainda bem.
Além do Dvd só ter custado 1€ ainda por cima este título é hilariante !

1*jQANdMrcF95NQnM15vHlVw

É difícil explicar porque raio é que este filme é tão engraçado, até porque o humor não se explica e é bastante subjectivo mas o facto é que [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] tem mesmo qualquer coisa de especial. É um daqueles filmes que tem que ser visto várias vezes só para conseguirmos localizar todas as referências com que brinca e para conseguirmos notar todas as piadas que muitas vezes estão a ocorrer simultâneamente em pano de fundo.

What-we-do-in-the-shadows_01

[“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] no entanto não é um “Scary Movie”. Ou melhor, é tudo o que um “Scary Movie” deveria ter sido. Em vez de nos atirar constantemente à cara piadas e referências óbvias o filme adopta um estilo de reportagem de rua a fazer lembrar o que mais de hilariante se encontra em coisas como o canal de TV do jornal Correio da Manhã e consegue o efeito notável de fazer com que o humor pareça absolutamente involuntário.

what-we-do-in-the-shadows-teaser-title-1-949x570 What-we-do-in-the-shadows_12

[“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] é hilariante porque aparentemente não tenta ser. [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] “é suposto” ser uma reportagem televisiva que ao longo de vários meses acompanha a vida de um grupo de vampiros que habita uma discreta mansão algures numa cidade da Nova Zelândia e leva uma vidinha descansada por entre assassinatos, orgias e romantismos góticos quanto baste.
Tudo é bastante sério do ponto de vista dos personagens e nunca sentimos que estes estão lá para nos fazer rir. Pelo contrário, pois como referem muitas reviews o filme por vezes consegue inclusivamente bons momentos de tensão macabra assim pelo meio de dois gags geniais que se calhar nem notamos que lá estão a um primeiro olhar.

What-we-do-in-the-shadows_07 What-we-do-in-the-shadows_15

Temos o vampiro Dandy francês, o tradicional Vlad com as suas orgias, o rocker tipo Jim Morrison que se julga o deus do sexo e o Nosferatu que essencialmente é o culpado por ter mordido a malta toda antes. A isto se junta um desgraçado que é mordido quase por acaso e que juntamente com ele trás o seu amigo humano que se torna automaticamente numa espécie de mascote do grupo mas a quem é proíbido morder.
Inevitavelmente, por ser um vampiro recente o novo membro do grupo acaba por colocar em risco o secretismo das vidas dos seus colegas sobrenaturais quando este começa a dar nas vistas em discotecas e na night tentando capitalizar na moda dos vampiros sexy para engatar miúdas e coisa e tal.

What-we-do-in-the-shadows_21 What-we-do-in-the-shadows_10

E claro além de vampiros, [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] também mete lobisomens em cenas que são absolutamente clássicas num verdadeiro estilo anti-Twilight e onde estão alguns dos melhores momentos do filme.

what-we-do-in-the-shadows-jemaine-clement-gif

[“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] não tem exactamente uma história e não precisa. Acompanhamos alguns meses “na vida” destes vampiros que no fundo são tipos simpáticos que apenas não podem apanhar sol e pelo meio ficamos a conhecer toda a comunidade de criaturas sobrenaturais que habitam por entre nós sem que a humanidade sequer note.

What-we-do-in-the-shadows_14 What-we-do-in-the-shadows_19

Destaque para o grande massacre em casa que passa despercebido quando a bófia chega e para as duas miudinhas vampiras que atraiem pedófilos nas ruas de forma a lhes sugarem o sangue.
Ou seja, [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] é humor negro do melhor e recomenda-se a quem gostar de piadas bem negras e acima de tudo tiver bem entranhadas muitas referências clássicas da literatura e filmografia do vampiros; as piadas ao estilo da Hammer são mais que muitas mas isto é apenas um exemplo de algo que passará despercebido às novas gerações que não conhecerem mais sobre o género do que coisas como Twilights e afins.

What-we-do-in-the-shadows_04 What-we-do-in-the-shadows_16

Surpreendentemente apesar de ser um título de baixo orçamento e do seu estilo fake-news [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] conta com alguns bons momentos de efeitos especiais. Tão bons que nem sequer pensamos neles, como por exemplo as cenas em que os vampiros voam casualmente em várias situações.

What-we-do-in-the-shadows_20 What-we-do-in-the-shadows_09

A ter algo negativo [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] só peca por ser vitima do seu próprio formato “televisivo” pois está limitado pela estrutura típica de uma reportagem gravada por uma equipa de jornalistas ( a quem os vampiros prometeram não sugar o sangue durante as filmagens ); e sendo assim em termos cinematográficos não será necessáriamente um filme que precisa de um grande ecran ou até mesmo de uma boa cópia em bluray. Isto em DVD está no formato perfeito para o tipo de conteúdo que simula e como tal se ainda o encontrarem por aí em promoções de supermercado a 1€, meus amigos nem hesitem caso este tipo de humor negro particularmente ofensivo para espíritos mais sensíveis seja mesmo o vosso tipo de piadas.

What-we-do-in-the-shadows_08 What-we-do-in-the-shadows_04

Muito bem escrito com diálogos clássicos de citar a toda a hora, como poderão ver se procurarem por gifs animados relativos ao filme na internet, [“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] é um nunca mais acabar de frases e citações do melhor. Com um ritmo imparável consegue no entanto ser uma comédia que à primeira vista parece não ir arrancar muita gargalhada constante. Mas a sua força não está aí, mas sim na forma como nos fica na memória mesmo muito tempo depois do filme acabar.
O filme e vampiros perfeito para quem já não pode mais com filmes de vampiros.

——————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

[“WHAT WE DO IN THE SHADOWS“] é tão bom quanto a fama que arrasta pelos inúmeros blogs, reviews e recomendações saídas de festivais de cinema Fantástico.
Se gostam de humor bem negro com um ritmo imparável e que obriga practicamente a uma segunda visão só para captar todas as referências incluídas nas piadas então esta é uma comédia a não perder.

What-we-do-in-the-shadows

Não deixem o estilo found-footage afastá-los daquilo que é um dos títulos mais divertidos que poderão encontrar sobre este tema. Até quem já não pode mais com filmes cheios de vampiros lindos vai adorar isto…precisamente por esse motivo.

Cinco Planetas Saturno.

  

Só não leva um Gold Award também porque apesar de tudo o estilo “documental” acaba por ser a sua própria limitação incontornável enquanto proposta “de cinema”.

A favor: os personagens, as situações, a estrutura do argumento, os textos, os gags hilariantes, a atmosfera, o humor bem negro.

Contra: o estilo “documentário/found-footage” acaba por ser a sua grande limitação enquanto proposta cinematográfica.

——————————————————————————————————

giphy

——————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER


——————————————————————————————————

tumblr_obrt1uXRNR1ut1d6co5_500

——————————————————————————————————

Os primeiros 6 minutos.
Se gostarem disto, vão adorar o que vem a seguir, até porque isto não é nada.

——————————————————————————————————
——————————————————————————————————

IMDb
https://www.imdb.com/title/tt4694518/

——————————————————————————————————

Se gostou deste, poderá gostar de:

capinha_operation-avalanche capinha_MOONWALKERS

——————————————————————————————————

 

“DOMAIN” (“DOMAIN”) Nathaniel Atcheson (2018) EUA

Quando uma doença mortífera altamente contagiosa limpa o sebo a praticamente toda a gente no planeta Terra um grupo de 500.000 sobreviventes vivem enclausurados em pequenos apartamentos subterrâneos onde cada pessoa passará literalmente anos ou talvez décadas sem tocar noutro ser humano.

DOMAIN_01

A ideia é garantir que a doença não tenha qualquer hipótese de se manifestar nas pessoas que foram escolhidas por sorteio para serem os últimos da raça humana e como tal cada um dos inquilinos destes pequenos domínios pessoais só irá encontrar-se pessoalmente com outro alguém no dia em que a atmosfera da superfície seja declarada segura para que a humanidade possa recomeçar.
Bem-vindos ao vosso próprio apartamento no complexo de [“DOMAIN“].

DOMAIN_17 DOMAIN_22

Para que não fiquem totalmente isolados uma Intranet mantém permanentemente em contacto várias das pessoas seleccionadas ao acaso que podem comunicar entre si através de uma rede-social interna muito limitada e cada grupo não tem acesso a mais ninguém a não ser aos companheiros virtuais que lhe calhou na rifa.
Por entre outras distracções diárias virtuais objectivo é também que cada grupo monitorize os sensores que indicam de que forma a atmosfera fora do Domínio se está a comportar no que toca à erradicação da doença à superfície da Terra e preparar-se para o dia em que poderão livremente voltar a ver o sol.

DOMAIN_10 DOMAIN_19

A rotina diária vai bem durante os primeiros seis anos para cada um dos habitantes até ao dia em que um dos apartamentos se encontra absolutamente vazio e ninguém sabe a razão nem conhece o destino da pessoa que lá vivia até então.
[“DOMAIN“] enquanto proposta de ficção-científica é essencialmente sobre isto em primeiro plano enquanto em background é um estudo muito interessante sobre de que forma as redes sociais poderão anular por completo a necessidade das pessoas se relacionarem directamente umas com as outras.

DOMAIN_02 DOMAIN_03

[“DOMAIN“] é outro daquelas propostas dentro do cinema de baixo orçamento que fazem parte de uma temática que também se poderá classificar como mais um sub-sub-género dentro da ficção-científica. As histórias passadas em salas únicas ou bunkers subterrâneos onde os protagonistas são obrigados a abrigar-se , ou por causa de uma praga, ou por causa de uma guerra nuclear ou até por causa de uma invasão de zombies.
Se gostam de filmes no estilo do já clássico “CUBE” que de certa forma inaugurou o sub-género um par de décadas atrás no que toca ao cinema scifi de serie-B então [“DOMAIN“] é mais um título que não devem perder.

DOMAIN_04 DOMAIN_21

[“DOMAIN“] faz tudo bem, tem montes de atmosfera e apesar de alguma inevitável previsibilidade consegue manter no entanto um bom suspense sobre o enigma central até o mistério ser revelado.
E para minha grande surpresa finalmente temos um série-B de ficção científica moderno que não nos deixa completamente pendurados com um final demasiado aberto ou ambiguo. [“DOMAIN“] não evita algumas falhas na lógica no próprio conceito do argumento quando chega ao fim, mas esses pormenores são plenamente desculpáveis quando se trata de dar um conclusão satisfatória ao tempo que o espectador investiu ao escolher acompanhar os personagens durante quase 90 minutos do seu tempo.

DOMAIN_05 DOMAIN_12

Notarão que não dou uma classificação espectacular a este filme.
Na verdade não tem nada de mal. Tem uma boa premissa, tem montes de atmosfera, um bom design gráfico e conceptual por detrás, excelente utilização de um espaço cénico limitado e consegue manter-nos agarrados ao destino dos personagens pois mesmo que já imaginemos algumas soluções para o enigma nunca temos bem a certeza se é por “esse caminho” que a história irá.

DOMAIN_14 DOMAIN_16

Outra coisa positiva são os personagens. Apesar de cada um ser aquilo que já se espera em termos de caracterização psicológica e não fugirem muito ao previsível no entanto a história consegue manter-nos interessados no de destino de cada um deles, o que é outro ponto positivo para este pequeno filme independente de baixo orçamento.

DOMAIN_06 DOMAIN_20

Portanto tecnicamente tudo óptimo e se o tipo de histórias sci-fi passadas em bunkers lhes agrada não irão dar por perdido o vosso tempo se espreitarem [“DOMAIN“].
E não posso dizer mais nada pois não quero estragar a experiência de o verem por vocês mesmo.
Na sua simplicidade [“DOMAIN“] é um daqueles títulos que acaba por levantar algumas boas questões sobre tópicos relevantes e até os irá deixar a pensar para lá da sua estrutura base.

——————————————————————————————————

CLASSIFICAÇÃO

[“DOMAIN“] não é um filme extraordinário porque também não precisa de ser.
Na verdade só não é mais entusiasmante porque o próprio género “bunker” tem inúmeras limitações incontornáveis neste tipo de histórias para cinema, mais ainda quando se trata de cinema low-budget como é o caso.

Três Planetas Saturno.

  

[“DOMAIN“] é um bom filme e não tem nada de particularmente negativo, cumprindo a sua premissa do princípio ao fim.

DOMAIN_11 DOMAIN_23

A favor: tema, cenário, ambiente, personagens, interpretação, final.

Contra: está limitado por ser mais uma típica história passada num bunker onde não encontrarão surpresas de maior em absolutamente nada.

——————————————————————————————————

NOTAS ADICIONAIS

TRAILER


——————————————————————————————————

IMDb
https://www.imdb.com/title/tt4694518/

——————————————————————————————————

Se gostou deste poderá gostar de:

capinha_cargo capinha_SOLARIS-1972.jpg capinha_solaris capinha_SOMNUS.jpg capinha_stranded.jpg capinha_Astronaut_The_Last_Push.jpg Capinha_Solis.jpg

——————————————————————————————————